Pitanga entrega sede do Samu e aguarda PSS para iniciar atividades

Samu regional terá atendimento descentralizado

Samu regional terá atendimento descentralizado

A Prefeitura de Pitanga realizou na quinta-feira, 23 de junho, a inauguração da base do Samu Regional (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), que irá atender os serviços de urgência e emergência no município e nas cidades da região central. O investimento do município na reforma e adequação do prédio girou na ordem de R$ 280 mil. Parte dos recursos veio de emendas impositivas dos ex-vereadores Luiz Mattos e Osvaldo Krupik. Já os atuais vereadores disponibilizaram cerca de R$ 500 mil para a manutenção do serviço.

A solenidade de inauguração contou com a presença do deputado estadual Alexandre Curi; do prefeito Maicol Callegari Barbosa; do vice-prefeito Carlos Brandalise; do presidente da Câmara de Vereadores, Fabrício Holovka; do coordenador regional do Samu, Rodrigo Lagos; da diretora executiva do consórcio de saúde CIS 5ªRS, Maria José Mandu Ribeiro Ribas; da secretária municipal de Saúde de Pitanga, Jéssica Patrícia de Oliveira; vereadores; secretários municipais e convidados.

Com a entrega do prédio, agora a expectativa é para o início efetivo dos serviços. A diretora do consórcio CIS 5ª RS, Maria José Ribas, explicou que a operação do serviço será realizada por equipes que estão sendo contratadas via PSS (Processo de Seleção Simplificado), que irão atender a sede em Guarapuava e as 10 bases descentralizadas. No entanto, o processo seletivo não conseguiu contratar o número mínimo de condutores socorristas. O número de inscritos foi baixo porque uma das exigências é que os condutores tivessem o curso de socorrista. Agora, o consórcio deve lançar um novo edital do PSS, apenas com a exigência da carteira de habilitação categoria D e o treinamento dos primeiros socorros será realizada pela equipe do Samu de Guarapuava. “Esperamos que assim que estiver resolvida a questão do quadro de pessoal, o Samu passe a operar imediatamente em todas as bases que estão sendo entregues”, destacou a diretora do consórcio, Maria José Ribas.

Ela parabenizou a gestão municipal de Pitanga pela estrutura que está sendo entregue para o atendimento do Samu e salientou que a sede pode servir de modelo para outras sedes no Paraná.

A secretária municipal de Saúde de Pitanga, Jéssica Patrícia de Oliveira, destacou em pronunciamento a satisfação em trabalhar com políticos que têm o compromisso com a população e, especialmente, em possibilitar essa inauguração da sede do Samu. “Esse era um sonho que está se tornando realidade e quando acreditamos em algo e trabalhamos, isso acontece de fato”, frisa.

O presidente da Câmara de Vereadores, Fabrício Holovka, ressalta que o Samu vai ajudar também a desafogar um pouco do atendimento no Hospital São Vicente de Paulo, já que as situações de urgência e emergência serão direcionadas pelo serviço, que pode fazer o encaminhamento para outros hospitais da região, dependendo da situação clínica de cada paciente.

Para o deputado estadual Alexandre Curi, a instalação do Samu na região central, atende a uma reivindicação antiga da região e, especialmente, da saúde de Pitanga, que também contará com duas ambulâncias para o atendimento da população.

O atendimento do Samu ocorrerá pelo telefone 192 para todas as situações de urgência e emergência, como o atendimento de pessoas vítimas de infarto, AVC, mal súbito e acidentes de trânsito com ferimentos graves. Este primeiro atendimento do Samu garantirá a porta de entrada para o suporte hospitalar, nos serviços de referência, seja em Pitanga ou em outros municípios da região.

Para o prefeito de Pitanga, Maicol Barbosa, o início das atividades do Samu representa uma transição do atendimento de baixa complexidade para os atendimentos de alta complexidade e a garantia do atendimento com qualidade ao paciente. “Foram cinco anos de muito trabalho e dedicação para organizar toda a saúde do município para chegar a esse momento; realizamos um grande investimento financeiro e de pessoal e não é possível mensurar todas as pessoas que trabalharam e se dedicaram para chegar a esse momento, que vai representar um avanço gigantesco e dar mais segurança à população”, salienta.

Autoridades municipais posam em frente à ambulância do Samu

Autoridades municipais posam em frente à ambulância do Samu