Mãe reencontra filho depois de quase 40 anos

Palmira Dias encontra com o filho Albari Ribeiro

Palmira Dias encontra com o filho Albari Ribeiro

Depois de quase 40 anos, a senhora Palmira Dias, 90 anos, reencontrou seu filho, Albari Dias Ribeiro, que ela não via desde o início da década de 1980. Há cerca de 38 anos, ela se mudou para Cândido de Abreu e, desde então, perdeu o contato com o filho, que estava morando no estado de Rondônia. Ele havia se mudado para a região norte com esposa e filhos, buscando uma vida melhor e, depois disso, não tiveram mais contato.

A neta Tatiane Dias contou à reportagem do jornal Paraná Centro que a avó chegou a mandar carta para os apresentadores Ratinho e Gugu do SBT, com o desejo de reencontrar o filho e, desde então, a família tentava encontrar pista de onde ele poderia estar. “Até que minha mãe, que trabalhava no cartório eleitoral, ficou sabendo que havia uma possibilidade de descobrir a cidade em que ele havia votado e conseguimos localizar a cidade de Cerejeiras, onde ele votou. A partir disso, tentamos o contato por meio de pessoas e de páginas locais com o nome dele e da minha avó, até que conseguimos o contato dele e, com isso, foi possível o reencontro”, frisa. Tatiane Dias informou que, ao saber que haviam encontrado seu filho, dona Palmira ficou muito emocionada, mas, em alguns momentos, ela não conseguia se recordar muito bem do filho, já que com a idade, ela está sofrendo com falta de memória.

Após esse primeiro contato, os dois continuaram conversando por chamada de vídeo do celular por cerca de 5 meses, até que, no final do mês de maio, ocorreu o encontro presencial em Cândido de Abreu, que foi cercado de muita emoção. “Foi muito emocionante, muito choro, pois meu tio tinha perdido a esperança de encontrar minha avó viva, já que ela está com 90 anos”, comenta. Após o encontro, mãe e filho pretendem continuar se falando por telefone.

Dona Palmira Dias é nascida em 12 de outubro de 1931, tem 12 filhos, 25 netos, 37 bisnetos e 7 tataranetos.