Jesus é de fato um ser humano

Jesus é um ser de carne e ossos. Tão humano quanto você e eu, mas sem pecado. Esse ser humano foi gerado no útero de Maria. Ela é de fato a mãe de Jesus. A gravidez era real. O parto foi real e natural. O bebê era real. Tudo real como em qualquer outra família. É assim que os quatro evangelhos apresentam Jesus de Nazaré.

Contudo, os cristãos, via de regra, têm dificuldade de ver Jesus como um ser humano. Há tanta ênfase na divindade dele, que muita gente só consegue vê-lo como Deus. Uma das razões para isso é que os crentes em geral não são ensinados sobre aquilo que a Bíblia revela sobre o fato de que o nosso Deus é Único, mas Se revela em três pessoas: Pai, Filho e Espírito Santo.

Por isso, por falta de um melhor entendimento das Escrituras, pode-se ouvir coisas como estas: Deus morreu na cruz por nós, ou Deus deu o seu sangue para nos salvar, ou quando Deus retornar à Terra. E declarações semelhantes a essas.

Mas Deus é espírito, não tem corpo humano, não tem sangue. Deus não morre. Quem morreu não foi Deus. Quem ressuscitou não foi Deus. Quem subiu para o céu não foi Deus. Quem voltará à Terra não será Deus. Tudo isso ocorreu e ocorrerá com Jesus, um filho da humanidade. O HOMEM PERFEITO.

Sim, Deus revela-Se como Pai, Filho e Espírito Santo. O Deus Filho, Segunda Pessoa da Trindade, Se encarnou no homem Jesus. Jesus tornou-se HOMEM-DEUS e Deus tornou-Se DEUS-HOMEM. É o mistério da Trindade.

Durante Sua vida na Terra, o Deus Filho, encarnado no homem Jesus, Se esvaziou, para que Jesus pudesse viver como homem, de maneira plena. Assim tudo o que ele fez na Terra, o fez como homem.

Pastor Jonathan