Secretário de Estado do Meio Ambiente visita Ivaiporã

Everson Souza – secretário de Desenvolvimento Sustentável do Paraná

Everson Souza – secretário de Desenvolvimento Sustentável do Paraná

O secretário de Estado do Desenvolvimento Sustentável e Turismo do Paraná, Everton Souza, esteve em Ivaiporã, na semana passada, participando de uma reunião na sede do IAT (Instituto Água e Terra). Ele esteve acompanhado do deputado estadual e ex-secretário da pasta, Márcio Nunes, e do chefe do escritório regional do IAT de Ivaiporã, Carlos Henrique de Souza.

Durante a visita, Everton Souza conversou com prefeitos e secretários municipais de meio ambiente de vários municípios jurisdicionados ao escritório regional.

O secretário, que assumiu a pasta no início de abril, conversou com a reportagem do jornal Paraná Centro sobre os objetivos da reunião com os representantes municipais e sobre o trabalho que é possível fazer até o final do ano à frente da Sedst. Ele destaca que o IAT é um dos órgãos com maior movimentação dentro da secretaria e o que tem um impacto maior e mais direto junto ao setor produtivo. “Acredito que a atuação do IAT junto ao setor produtivo tem sido um dos responsáveis pelas boas notícias que temos recebido do crescimento do Paraná e temos procurado, por orientação do governador Ratinho Júnior, essa aproximação com órgãos como a Ocepar, a Faep, Faciap, Fetaep e com os empreendedores do Paraná, de todos os portes”, relata.

Ele destacou que a reunião também foi uma oportunidade para que os representantes dos municípios pudessem conversar e expor suas demandas.

“O Paraná tem se mostrado muito resiliente, mesmo diante de uma pandemia sem precedentes e uma crise hídrica não vista há mais de 50 anos e, para dar musculatura à estrutura do IAT, realizamos o concurso público e a contratação de pessoas para dar mais agilidade e rapidez no atendimento, especialmente aos setores produtivos do Estado do Paraná”, destaca o secretário Everton Souza.

Dentre as ações que ele pretende realizar em sua pasta, a principal delas é criar um ambiente favorável para o desenvolvimento sócio-econômico-ambiental no Paraná. Um dos projetos principais é o fortalecimento das ações ligadas à questão do turismo. “Todos os municípios do Paraná têm algum atrativo turístico e, durante a pandemia, cresceu muito a busca das pessoas pelos espaços naturais e esportes de natureza, sair da aglomeração e ir para locais para se ter um turismo contemplativo, seja para olhar uma cachoeira ou para fazer um rapel ou um rafting, montanhismo ou asa delta e o Paraná é rico nesse aspecto, porque tem um patrimônio natural que permite que ele possa realmente ser fonte de renda”, relata o secretário, que acredita no turismo como alternativa para a geração rápida de emprego e renda.

Ele também destaca ser importante a criação de um ambiente favorável, do ponto de vista da sustentabilidade. “Quando se fala em um país desenvolvido, ele precisa ser sustentável; hoje em dia é difícil desvincular uma coisa da outra e temos a obrigação de fazer com que as coisas aconteçam do Paraná, observando sempre a geração de renda e o cuidado e preservação da natureza”, ressalta.

Carlos Henrique, Everson Souza e Márcio Nunes

Carlos Henrique, Everson Souza e Márcio Nunes