Homem sofre atentado a tiros e acaba preso

O veículo foi atingido por vários tiros, inclusive no parabrisa, na posição em que fica o motorista

O veículo foi atingido por vários tiros, inclusive no parabrisa, na posição em que fica o motorista

No momento em que um homem chegava em casa na madrugada de sábado, 14, em um Jeep Renegade, no Conjunto Paulista, zona norte de Maringá, outro veículo se aproximou, quatro homens desceram e começaram a atirar contra o morador.

A cena foi registrada por câmeras de segurança de casas vizinhas. Várias equipes da Polícia Militar chegaram ao local minutos depois, mas não encontraram nem os suspeitos, nem a vítima. Apenas cápsulas de pistolas 9mm e .380, deflagradas, espalhadas pelo chão. Segundo a polícia, foram pelo menos 26 tiros.

A polícia da região foi acionada e momentos depois a Rotam de Marialva localizou o Jeep crivado de balas em frente a uma casa no Jardim Planalto. O dono do veículo foi abordado, não estava ferido, apesar da situação do veículo. Dentro do carro os policiais encontraram um carregador de pistola. E, na casa dele, em Maringá, a polícia encontrou drogas, três carregadores de pistola e balanças de precisão.

Resultado: o homem, que inicialmente parecia vítima, recebeu voz de prisão, foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil e está sendo investigado. Já se sabe que essa foi a segunda tentativa contra a vida dele.