Campus do IFPR de Pitanga publica edital de sorteio público para os cursos de graduação

IFPR de Pitanga abre oportunidade de curso superior de forma gratuita

IFPR de Pitanga abre oportunidade de curso superior de forma gratuita

O campus de Pitanga do Instituto Federal do Paraná (IFPR) está com inscrições abertas para os interessados em concorrer a uma das vagas ofertadas para os cursos de ensino superior. As inscrições vão até o dia 27 de maio e o sorteio público acontece no dia 2 de junho.

No total, estão sendo ofertadas 30 vagas para o curso de Pedagogia, 37 vagas para o curso de Licenciatura em Química e 38 vagas para o curso de Tecnologia em Agroindústria.

O diretor do campus Pitanga, Márcio Gonçalves dos Santos, comenta podem se inscrever para concorrer a uma das vagas todos os estudantes que já concluíram o Ensino Médio, em qualquer época, e não será necessário fazer prova ou passar pelo processo seletivo do IFPR.

Para se inscrever, basta acessar o site da instituição www.pitanga.ifpr.edu.br, clicar no banner do processo seletivo e escolher o curso que quer cursar e concorrer a uma das vagas. As aulas iniciam no dia 20 de junho.

O diretor explicou que o processo seletivo do instituto foi lançado no mês de dezembro, em um período de férias e recessos, e muitos alunos acabaram não tendo acesso à informação. Além disso, também havia, naquele período, uma incerteza muito grande com relação ao andamento da pandemia e se as aulas iriam retornar de forma presencial ou não. “Acreditamos que, em função desse cenário, muitos estudantes não se inscreveram e, agora, estamos abrindo esse edital com as vagas complementares para facilitar o acesso aos estudantes de Pitanga e região”, ressalta o diretor do campus.

Márcio dos Santos comenta que o IFPR é uma instituição de ensino pública e gratuita. O corpo docente é formado em sua grande maioria por mestres e doutores, além de contar com uma equipe multidisciplinar de técnicos para ajudar os estudantes. “Nós também temos vários benefícios para os alunos, como o auxílio transporte e auxílio material escolar, além da possibilidade de os estudantes concorrerem a bolsas de iniciação científica e participar de projetos de pesquisa, extensão e inovação com os docentes ou participarem de projetos em parceria com outras instituições”, frisa o diretor Márcio Gonçalves dos Santos.