Da poeira à tecnologia da informação

Imagem da notícia.

Marketing digital e o papel: quando aplicar?

William Teixeira é fundador e CEO da Laço Digital - Agência de Marketing Digital e de Lançamentos - e também investidor em negócios digitais em Maringá.

Nesta entrevista, ele mostra a sua visão sobre o mercado digital e como empresas e profissionais podem dar os primeiros passos nesse universo surpreendente.

Paraná Centro - Qual é a sua formação acadêmica de origem?

William Teixeira - Embora minha formação seja na área da tecnologia, sempre fui fascinado pela área do marketing e de vendas. Mas para chegar até aqui estudei Sistemas de Informação, me graduei em Análise e Desenvolvimento de Sistemas, fiz Pós-Graduação em Marketing, Vendas e Mídias Sociais.

Paraná Centro – O que o levou a ingressar no Marketing Digital?

William Teixeira - Atuei no marketing tradicional por bastante tempo, principalmente no segmento de instituições de ensino superior. E, desde essa época, insistia muito em ações que pudessem incluir a internet, porque eu sabia que ali seria um campo fértil para o crescimento. Quando decidi criar a Laço Digital, lá em 2012, já tinha plena consciência de que o digital seria um caminho extraordinário. Então, a Laço Digital nasceu para atuar 100% no mercado digital, oferecendo soluções para as redes sociais e desenvolvimento de sites. Atualmente, o nosso foco está em ajudar empresas e profissionais a se posicionarem e crescerem na internet, por meio de estratégias de marketing digital, inbound marketing e de lançamento de infoprodutos.

Paraná Centro - Na sua opinião, o marketing digital substitui 100 por cento a propaganda em papel?

William Teixeira - Não. Entendo que o marketing não está restrito a somente um cenário. Quando em plano estratégico de marketing é importante observarmos onde os nossos clientes estão consumindo informação. Se é no digital, precisamos estar lá. Se é no impresso, também precisamos estar lá. O marketing online e o off-line podem se complementar em uma grande estratégia. O benefício do marketing digital é que com ele é possível metrificar as ações para entender a efetividade da nossa estratégia. Mas, no final, o importante é utilizar os mais diversos meios, seja ele impresso ou digital, para nos conectar e passar a mensagem da nossa marca ou empresa.

Imagem da notícia.
Entendo que o marketing não está restrito a somente um cenário. Quando em plano estratégico de marketing é importante observarmos onde os nossos clientes estão consumindo informação. Se é no digital, precisamos estar lá. Se é no impresso, também precisamos estar lá.”
William Teixeira

Paraná Centro - O que sua empresa começou fazendo em marketing digital e o que faz atualmente na área?

William Teixeira – Bem, no começo focamos na área de social mídia, ou seja, gerenciávamos as redes sociais das empresas, também criávamos marcas e desenvolvíamos sites. Hoje, oferecemos a nossa própria solução digital, que chamamos de “Método Estratégico de Transformação e Performance”, que foi desenvolvido e aprimorado para proporcionar uma aceleração de resultados para nossos clientes, de acordo com as etapas e prazos pré-estabelecidos. Também atuamos na linha de Gestão de Negócios Digitais, onde realizamos lançamentos de infoprodutos (produtos digitais), atuando desde a estruturação até a comercialização desses produtos.

Paraná Centro - O marketing digital é necessário em qualquer organização, seja ela empresarial ou sem fins lucrativos?

William Teixeira - Com certeza! Todo mundo conhece a máxima “quem não é visto, não é lembrado”, mas aqui mudo ela para “quem não é visto, não é clicado”. Se as empresas, sejam elas de qualquer porte ou segmento, desejam ter sua marca forte no mercado não podem de maneira alguma negligenciar o marketing e, principalmente, o digital. O mundo já vem mudando há algum tempo. As pessoas estão cada vez mais conectadas e a todo momento. As empresas precisam estar muito bem posicionadas para fornecer informações de qualidade para seus clientes e potenciais clientes. E, claro, se diferenciar da sua concorrência. Já, uma entidade sem fins lucrativos pode contar com o marketing digital para pulverizar sua mensagem, atrair mais pessoas engajadas com o seu propósito e destacar a sua contribuição para a sociedade.

Paraná Centro - Como uma empresa pode começar no marketing digital?

William Teixeira - Acredito que o primeiro passo seria buscar compreender o perfil do seu cliente ideal. Esse é um ponto importante para começar a pensar em estratégias de marketing. Uma empresa só terá sucesso se souber onde está seu público. Mas é claro que organizar toda a sua parte visual como as redes sociais e site, por exemplo, já é um bom começo.

Paraná Centro - Qual a maior dificuldade que as empresas encontram na execução de uma estratégia de marketing digital?

William Teixeira - Percebo que o planejamento ainda é a maior dificuldade das empresas que iniciam no marketing digital. Sem o passo a passo das ações que serão executadas é muito difícil obter lucro no longo prazo. A mídia paga pode trazer resultado imediato, mas sem construção de autoridade e branding é mais difícil sobreviver no longo prazo.

Paraná Centro - O que as empresas precisam fazer para obter resultados satisfatórios nas mídias digitais sociais?

William Teixeira - Mudar a sua visão sobre marketing digital. Muitas empresas, empresários e empreendedores ainda veem o marketing como uma despesa. Gosto de usar uma analogia do plantar e colher: todos sabem que para colher é preciso plantar, porém esquecem o meio do processo, que é o regar. Você precisa regar para que a planta cresça e para criar a possibilidade de colher. E no marketing não é diferente. O primeiro passo é começar um trabalho profissional de marketing para que os resultados cheguem. O planejamento também é muito importante para saber onde você quer chegar e qual o recurso necessário para isso faz parte de um todo essencial.

Paraná Centro - Se você pudesse dar uma dica para os nossos leitores, qual seria?

William Teixeira - A dica parece óbvia, mas que vejo muitos errando nos dias de hoje. Comece pelo começo e tenha paciência. Não tente abraçar o mundo. Trace uma estratégia e siga com ela até que comece a funcionar. Estamos vivendo em um mundo imediatista, resultados rápidos não são consistentes em lugar nenhum, igualmente no mercado digital, porque não garantem o sucesso de amanhã.