História de Maringá está preservada nos livros do sebo

Sebo Fonte do Livro: Av. Xv de Novembro, 618 - Zona 01, Maringá - Pr, - Fone (44) 3026-8176.

Sebo Fonte do Livro: Av. Xv de Novembro, 618 - Zona 01, Maringá - Pr, - Fone (44) 3026-8176.

Para os amantes da leitura, além das boas bibliotecas da cidade de Maringá, o Sebo Fonte do Livro é um local onde você pode trocar e comprar boas obras e muitos outros materiais literários para sua casa, seus filhos em fase escolar e principalmente para os insaciáveis leitores. Isso garante custos baixíssimos e bons exemplares, pois são obras usadas, mas em perfeito estado, possibilitando a troca dos livros que você tem, com um desconto de 50%.

Robespierre Tosatti, mais conhecido por Robes, é o fundador do sebo, e começou o trabalho em Maringá, em 2001. Antes, porém, ele tinha uma banca de revista, onde trabalhou por 48 anos. A banca ainda existe, mas não é mais dele. “Eu abri o sebo porque, na banca de revistas, eu percebi a necessidade, pois muita gente me perguntava se tinha um sebo em Maringá; eu não sabia nem o que era um sebo, por isso, vi a necessidade e, há 21 anos, comecei com o que eu tinha na banca: gibis encalhados, revistas que eu buscava em São Paulo, mas aos poucos fui comprando os livros.

Nascido em Caçador (SC), Robes veio para Maringá trazido pela mãe, Geralda Tosatti. “Minha mãe e eu viemos para Maringá, em 1962, quando eu tinha 1 ano de idade”, relata o empresário, contando que, atualmente, tem três sebos em Maringá, sendo que um é dele, outro é de seu filho e um terceiro de outro.

Ao ser perguntado como funciona o sebo, Robespierre explica que compra, vende e troca. “É importante para mim é comprar, para ter a mercadoria e sobreviver, mas a troca é melhor ainda, porque eu pego com 50% em dinheiro ou mercadoria, ou seja, 2 livros por 1 e vou aumentando meu estoque. Também compro, mas nesse caso o valor é menor do que na troca”, informa, lembrando que, normalmente, é metade do valor da troca, depende muito do valor do produto. “Tem livro que sei que vou pegar e vender no mesmo dia, porque sei que tenho cliente para ele. Tem livro que acumula na loja e não adianta eu comprar mais dele”, relata.

Giulia, Arilton, Gisela, Isabela e Robespierre

Giulia, Arilton, Gisela, Isabela e Robespierre

Imagem da notícia.

Para Robespierre, o Sebo Fonte do Livro começou devagarinho nas redes sociais, cuidadas pela filha Isabela, mas, hoje, já tem 25 mil seguidores no Instagram e vídeos com mais de 700 mil visualizações. “Por intermédio das redes sociais, conseguimos clientes e despachamos livros, todos os dias, para o Brasil todo”, conta Isabela.

Mesmo com a pandemia, houve um aumento de 20% clientes leitores do sebo, porque o pessoal ficou mais tempo dentro de casa, sem poder viajar ou ir a parques. Robes mostra alguns dos livros publicados que contam a história de Maringá, como Trem de Ferro, obra esgotada na cidade. Além dele, o Especial Maringá 75 Anos deixa uma pequena relação de obras voltadas para a história de Maringá.

Dizendo-se feliz de ter vindo para Maringá, Robes conta que todos os irmãos que vieram com a sua mãe estão bem. “Viemos em quatro filhos, sendo que um já faleceu, outro mudou-se para Goiânia para servir o exército e o outro está aqui”. Ele conta que a sua filha Isabela é quem alimenta o Instagram do sebo, além da equipe de colaboradores formada pelo Arilton, Gisela e a Giulia.

“A nova geração também está lendo bastante, inclusive, teve uma professora que veio aqui e me pediu se poderia trazer a turma de crianças, de 8, 9 e 10 anos de idade, para conhecer o sebo. Se alguns deles pegarem o hábito da leitura, já é uma grande conquista”, relata dizendo que já houve outros professores que pediram para fazer feira no colégio, mas que não tem funcionários suficientes. “O que eu faço com eles: separo os livros, relaciono, eles pegam as caixas de livros, levam e trazem de volta, depois de fazer a feira; com isso, aumentam os leitores; percebo também vem muitos jovens procurando por títulos”, completa.

Robespierre Roque Tosatti

Robespierre Roque Tosatti

Sobre os 75 anos de Maringá, Robespierre diz que Maringá cresceu muito, mas deseja que o sucesso continue, afirmando que atual administração da Prefeitura está indo muito bem. “Falando em política, mas não sou político e nem conheço o prefeito, na minha opinião esse prefeito foi o melhor que passou por aqui. Investiu na cidade muita coisa, ele fez coisas que nunca eu vi nenhum prefeito fazer. Coisa que os outros falavam que iam fazer e não faziam, ele vem fazendo; reconstruindo praças e melhorando o visual de Maringá, isso demanda recursos. Ele construiu aquela Avenida Carlos Borges, que eu uso para ir na casa de minha mãe, aquilo lá virou uma maravilha; quantos prefeitos prometeram e nunca fizeram, ele veio e fez. Então, a cidade vai progredir mais ainda. Ele pretende construir da Catedral até ao Estádio Willie Davids, um Eixo Monumental, inclusive, já começou; a obra que vemos na Catedral já é o primeiro passo. Isso aí tudo vai fazer a cidade atrair mais turistas. Ele (o prefeito) tem investido muito na cidade. Tudo que o prefeito Ulisses Maia está fazendo garante que a cidade está progredindo cada vez mais. E o Natal Encantado, que iluminou a cidade e trouxe milhares de pessoas pra cá. Eu vi tudo, vi o movimento, pois eu fico no “coração” disso tudo. Casinha do Papai Noel, trenzinho, dentre outras atraçoes. O atual prefeito é um espetáculo, que ele continue assim”, acrescenta pedindo que continuem contribuindo para o progresso da cidade, e lendo mais, pois a pessoa que lê tem uma visão maior das coisas e sabe mais o que dizer.

https://www.instagram.com/sebofontedolivro/