Jardim Alegre realiza etapa municipal da Conferência Nacional de Educação

Prefeito Furlan participa de abertura da Conae

Prefeito Furlan participa de abertura da Conae

Na semana passada, a Secretaria Municipal de Educação de Jardim Alegre realizou a etapa municipal da 4ª Conae (Conferência Nacional de Educação) 2022, que nesse ano tem como tema: “Inclusão, Equidade e Qualidade”. O evento foi realizado na Escola Municipal Professor Dilson Teixeira Coelho e contou com a participação do prefeito José Roberto Furlan; da secretária municipal de Educação, Jaqueline Schroeder Barbosa; da presidente do legislativo, Sônia Aparecida de Campos de Souza; dos vereadores Rubens Vanderlei de Castro e Pricilla Bogo; além de alunos, trabalhadores da educação básica, profissional e superior.

As atividades foram realizadas durante todo o dia, com palestra sobre o tema e, no final, foram formuladas propostas retiradas dos debates sobre os eixos temáticos, que serão abordados no documento que será encaminhado para as demais etapas da conferência.

A secretária municipal de Educação, Jaqueline Schroeder Barbosa, comenta que a conferência é um momento de estudo e discussão democrática, permitindo aos envolvidos com a educação expor seus anseios, compartilhar experiências e juntos buscarem estratégias para melhorar a qualidade do ensino, não apenas a nível municipal, mas contribuir com o avanço da educação brasileira.

Ela também fez uma avaliação sobre os avanços que ocorreram na educação de Jardim Alegre nos últimos anos. Em 2022, o município deu o primeiro passo para a implantação da Educação em Tempo Integral, que começou na Educação Infantil, por meio da Pré-Escola IV e V. “Para os próximos anos, a intenção é estender para o Ensino Fundamental de forma gradativa, o que exige um grande comprometimento de todos os envolvidos, estudo e planejamento minucioso, para que o município possa oferecer, efetivamente, o ensino integral”, cita a secretária municipal de Educação.

Jaqueline Barbosa ressalta que o intuito da Conae é buscar contribuições de toda a comunidade escolar para a elaboração do Plano Nacional de Educação, para o decênio 2024-2034, e foram apresentadas 38 emendas, que serão encaminhadas para votação nas etapas regional e estadual da conferência.