Assistência Social de Pitanga recebe doação de absorventes para mulheres carentes

Empresas fazem doação de absorventes para famílias carentes de Pitanga

Empresas fazem doação de absorventes para famílias carentes de Pitanga

O Comitê Mulher da Agência do Sicredi de Pitanga, por meio de Banco de Doadores, iniciou uma campanha em parceria com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Cidadania, mobilizando os associados para doação mensal em dinheiro para compra de absorventes. Todos os produtos adquiridos serão entregues mensalmente à Assistência Social do município, que faz o encaminhamento às mulheres em situação de vulnerabilidade, que são atendidas pelo Cras (Centro de Referência da Assistência Social).

A secretária municipal de Desenvolvimento Social e Cidadania, Genilda Loch Stipp, comenta que essa campanha é muito importante para as famílias que serão atendidas, pois o município não tinha condições de comprar esses absorventes, já que todos os recursos direcionados à assistência social são vinculados a programas que estão sendo executados e não é possível dar uma destinação diferente.

O Sicredi fez a doação de 280 pacotes de absorventes e a ideia é que cada mulher atendida pelo Cras receba dois pacotes, atendendo, portanto, 140 mulheres. Os produtos serão encaminhados junto com as cestas básicas, que já são fornecidas pelo órgão. A prioridade, segundo a secretária, é para mulheres e adolescentes, especialmente aquelas que têm faltado às aulas com frequência, em função do ciclo menstrual e que não têm condições de comprar o produto.

As doações devem acontecer todos os meses, no entanto, a quantidade de absorventes dependerá das doações realizadas. “Ficamos muito felizes com esse trabalho e também porque o Sicredi é uma cooperativa muito séria. Percebemos a preocupação da agência com as pessoas mais carentes do nosso município”, frisa a secretária.

Genilda Stipp comenta que a empresa Maria Brasileira, que presta serviços domésticos de organização e limpeza das casas, também fez doação de absorventes que são entregues pelo Creas para as mulheres atendidas pelo serviço.

A secretária de Desenvolvimento Social e Cidadania informa que uma campanha será realizada para conscientizar as pessoas sobre a necessidade dessa doação e que, apesar de ainda não ter sido escolhida uma data, ela será muito importante para esclarecer sobre o que é a pobreza menstrual e os transtornos que tem causado na vida de várias mulheres.

Genilda Stipp agradeceu às duas empresas pela parceria para ajudar as mulheres carentes do município e também ao apoio do prefeito Maicol Barbosa, que tem sido sensível a causas como essa.