Inscrições de professores para intercâmbio nos EUA terminam na sexta-feira

O Programa de Imersão de Língua Portuguesa do Estado de Utah, nos Estados Unidos, encerra nesta sexta-feira (25) o período de inscrições de professores da Educação Básica das redes pública e privada do Paraná, para os interessados em participar de intercâmbio profissional no estado norte-americano.

Os selecionados irão lecionar Língua Portuguesa para estudantes americanos de seis a 12 anos, do 1º ao 6º ano do Ensino Fundamental, os chamados Elementary School (até o 5º ano) e Middle School (6º ao 8º ano).

Os candidatos devem ter Licenciatura em Ciências, Geografia, História, Pedagogia e Letras, e precisam comprovar experiência profissional como professor do Ensino Fundamental (1º ao 6º ano), em quaisquer instituições de ensino do território paranaense, nos três últimos anos. Também é obrigatória a proficiência em língua inglesa equivalente à B1, conforme o Quadro Comum Europeu de Referência para Línguas (CEFR), assim como a disponibilidade para residir nos EUA por um período de até três anos.

A seleção consiste em três etapas: análise da documentação dos candidatos; entrevistas em inglês; e avaliação de experiências didáticas com alunos do Ensino Fundamental. Essa última fase será gravada em vídeo pelos próprios candidatos.

Segundo a coordenadora do programa, Silvia Juhas, do Estado de Utah, os professores selecionados terão a oportunidade de conhecer o sistema de educação americano, receber formação complementar e desenvolver a proficiência na língua inglesa. “Para as escolas americanas é importante contar com professores nativos que, além de promover o aprendizado da língua portuguesa, podem transformar as salas de aulas em ambientes de imersão multicultural”, diz.

Essa ação de internacionalização tem amparo em uma parceria firmada pelo Governo do Paraná, por meio da Superintendência Geral de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Seti), com a Secretaria de Educação do Estado de Utah (EUA). Atualmente, há 37 professores paranaenses atuando em escolas públicas, em cidades das regiões Norte, Sul e Central do estado norte-americano.

BENEFÍCIOS – Os candidatos aprovados na seleção irão assinar contrato de tempo integral como professores de português do Ensino Fundamental (1ª a 6º ano), na rede pública dos Estados Unidos. Serão 40 horas semanais (30 horas em sala de aula e 10 horas em planejamento).

Os salários serão pagos mensalmente, de acordo com a formação profissional e os normativos dos distritos escolares do Estado de Utah. Professores com mestrado e doutorado podem alcançar renda bruta de até US$ 44 mil anuais.

Há ainda benefícios como plano de saúde e plano odontológico (com contribuição mensal) e moradia provisória. Já os cônjuges terão visto de trabalho em tempo parcial, enquanto os filhos com idades entre cinco e 21 anos terão direito a matrícula em escola pública.