Colégio Barbosa Ferraz inicia ano letivo com volta do curso de Segurança do Trabalho

A volta das aulas 100% presenciais na rede estadual de ensino marcou também o retorno do curso técnico em segurança do trabalho no Colégio Estadual Barbosa Ferraz de Ivaiporã. O técnico em segurança do trabalho estava impossibilitado de ter abertura de novas turmas desde o início da pandemia, quando as aulas passaram para o modelo online, mas neste ano recebeu autorização da Secretaria Estadual de Educação para abertura de nova turma.

Na segunda-feira, 7 de fevereiro, os alunos do 1º semestre foram recepcionados pelo diretor Ivan Lopes Mendes, pedagoga Rosemeire Flores Lizarelli e coordenadora do curso técnico em segurança do trabalho, Joyce Pífano.

O diretor Ivan Mendes ressaltou o empenho do deputado estadual Artagão Júnior, prefeitos da região e dos vereadores de Ivaiporã Edivaldo Aparecido Montanheri (Sabão) e José Maria Carneiro nessa importante conquista para a educação técnica do município de Ivaiporã. “O técnico em segurança do trabalho é um dos principais profissionais dentro de uma grande empresa. Isso porque ele é responsável por promover não só a segurança e a saúde, como também o bem-estar dos funcionários que atuam em cada segmento”, afirmou o diretor, ao agradecer às lideranças políticas pelo apoio.

Ivan Mendes ressaltou que a missão do técnico em segurança do trabalho também colabora para um significativo aumento da produtividade das equipes, já que a qualidade de vida no trabalho é um grande motivador. Além disso, mantém a empresa dentro da legislação, evitando multas e processos judiciais que poderiam pesar no bolso de qualquer empreendedor.

Para o empreendedor, a presença de um técnico em segurança do trabalho na empresa também só traz benefícios. O primeiro deles é reduzir significativamente os riscos ambientais, diminuindo a incidência de acidentes e doenças ocupacionais. “Técnico de Segurança do Trabalho é uma profissão muito importante na maioria das áreas do mercado de trabalho. Isso porque é fundamental para a segurança dos trabalhadores que atuam em ambientes que oferecem riscos”, completou o diretor.

A coordenadora do técnico em segurança do trabalho, que tem duração de um ano e meio, Joyce Pífano, lembrou que se trata de um curso dinâmico com atividades práticas que contribui para a segurança do trabalho nas empresas. “Com a pandemia vemos a importância do uso de EPIs, além de fortalecer o E-Social, que pode ser emitido pelo técnico suprindo a demanda do mercado”, frisou, lembrando que o curso trabalha com disciplinas que reforçam a importância de prevenir os riscos de acidentes e doenças no trabalho, além da legislação do trabalho.

A pedagoga do curso, Rosemeire Flores Lizarelli, acrescentou que o curso proporciona inúmeras oportunidades de empregabilidade na área. “O curso abre inúmeras portas de emprego na área, dada a importância de as empresas contratarem um técnico de segurança do trabalho”, afirmou a pedagoga.

Sandro Marcos Merico, morador de Ivaiporã, trabalha com construção civil em Jardim Alegre e viu no curso uma oportunidade para melhorar os conhecimentos na área de segurança do trabalho. Ele contou que ingressou no 1º semestre do curso incentivado pelo irmão Ricardo. “Estou animado porque é uma oportunidade de me aperfeiçoar na área”, afirmou.

Por sua vez, José Ricardo da Fonseca, morador de São João do Ivaí e aluno do 3º semestre, trabalha na Coamo e disse que a área oferta muitas oportunidades de agregar conhecimento para um futuro melhor.

Balanço da volta às aulas

O diretor do Barbosa Ferraz comentou que no primeiro dia de aula quase 100% dos alunos matriculados nos períodos da manhã e tarde voltaram para as salas de aula. “Os alunos voltaram com grande satisfação e expectativa de estar na escola novamente após quase dois anos. Passamos a eles todos os protocolos de biossegurança para que seja um retorno tranquilo para todos”, ressaltou Ivan Mendes.