Pitanga avalia aumento de casos de Covid-19, mas não muda decretos

A Prefeitura de Pitanga não deve, por enquanto, tomar nenhuma medida restritiva em relação ao aumento de casos de Covid-19 no município. A informação foi confirmada, na semana passada, pelo prefeito Maicol Callegari Barbosa, durante entrevista à Rádio Poema de Pitanga.

Ele destacou que a análise dos números de internações e, especialmente, em função da ampla cobertura vacinal, que tem feito com que as pessoas que estão confirmando os casos, não tenham sintomas graves e não precisem de um leito hospitalar, garante, por enquanto, que apenas a atenção básica da saúde está sendo suficiente para controlar os casos. “Quem está vacinado, não está tendo complicações”, frisa o prefeito.

A enfermeira da Secretaria Municipal de Saúde de Pitanga, Corinne Guntzel Lealdino, comenta que, na semana passada, houve mais um recorde diário de confirmações em Pitanga, com um número bem maior de casos, sendo que, em um único dia, foram 135 confirmações e isso demonstra que a transmissibilidade da doença é muito maior. No entanto, a grande maioria dos casos tem sido leve ou sem sintomas. Aliado a uma população adulta que está com 98% vacinadas, apenas duas pessoas foram internadas durante todo o mês de janeiro, elas evoluíram bem e receberam alta. “Hoje, temos a segurança que nossos pacientes não estão agravando, não sendo internados e nem ocupando leitos de UTI e o serviço de atenção básica, mesmo sobrecarregado nos últimos dias, está dando conta e, por isso, não temos a previsão de nenhuma restrição dentro do município, pelo menos nesse momento, pela análise que estamos fazendo”, salienta o prefeito.

Ela também informa que, ainda nessa semana, os atendimentos da central da Covid-19 estão ocorrendo no salão da igreja e que, no próximo final de semana, será reavaliado para observar a necessidade ou não de mudar de local.

Vacina para as crianças

O prefeito Maicol Barbosa destacou que a vacina para crianças de 5 a 11 anos é segura e salienta que já foram aplicadas mais de 60 mil doses dentro do município de Pitanga, na população adolescente e adulta, e não houve nenhum evento adverso mais complicador. “As pessoas têm que entender que haverá necessidade de vacinação contra a Covid-19, todos os anos, já que existem as variantes, mas a vacina para as crianças é segura”, salienta.