Faxinal deve ter perdas minimizadas por chuvas mais constantes

O secretário municipal de Agricultura de Faxinal e engenheiro agrônomo, Reginaldo Paveze, comentou que as perdas na região de Faxinal e Mauá da Serra serão menores, já que houve chuvas um pouco mais regulares do que na região de Ivaiporã, por exemplo. Ele destacou que, por serem regiões mais altas, Faxinal e Mauá da Serra se beneficiaram de chuvas um pouco mais localizadas, que deve minimizar as perdas. Ele acredita que a quebra na safra nas lavouras desses dois municípios deve girar entre 10% a 15%, na cultura da soja.

No entanto, a situação não é a mesma na região de Borrazópolis, Kaloré e parte de Cruzmaltina, onde algumas áreas terão produtividade reduzida em até 50% ou mais. “Em Faxinal e Mauá da Serra estamos sendo abençoados em comparação com outras regiões, mas em Borrazópolis, por exemplo, essa perda já é consolidada”, salienta.