Fundação Beneficente de Ivaiporã distribui 4.200 brinquedos no Natal Solidário

Papais Noeis posam para foto

Papais Noeis posam para foto

A Fundação Beneficente de Ivaiporã distribuiu 4.200 brinquedos e 3 mil pacotes de guloseimas para crianças de Ivaiporã e Lunardelli, arrecadados junto à comunidade de Ivaiporã, no Natal Solidário. A ação social aconteceu na manhã de domingo, dia 19 de dezembro, e contou com o apoio motoclubes Bodes do Asfalto, Itinerantes e Esquadrão de Cristo Adventistas.

Eles saíram da Paróquia Santíssima Mãe de Deus, mas antes, receberam a bênção do padre Romano Gnesotto, que enalteceu o gesto de caridade dos voluntários. “Um gesto de caridade é um milagre em nome de Jesus e São Nicolau, que vivia o espírito e o evangelho de Jesus”, afirmou o pároco.

A ação social realizada desde 2005 mobilizou cerca de 70 voluntários nesta edição, sendo 15 papais noeis e 2 mamães noeis, que foram acompanhados de três a quatro pessoas em caminhonetes. Um para dirigir e três para ajudar o Bom Velhinho na entrega dos brinquedos e doces.

Em Ivaiporã, os papais noeis percorreram os seguintes bairros: Vila Monte Castelo, Jardim Paraná, Vila São José, Jardim Alvorada, Jardim Espírito Santo, Vila Jardim Betel, Vila Santa Terezinha, Jardim Iporã, Jardim Alto da Glória, Vila São Pedro, Vila Operária, Jardim Guanabara I e II, Vila Nova Porã I e II, Jardim Itaipu, Vila Santa Maria, Clube de Campo, Bosque da Saúde, Vila João XXIII, Jardim Imperial, Jardim Brasília, Jardim Ouro Preto, Jardim Belo Horizonte, Casagrande, Luiz XV, Aeroporto e Xurupita, além dos distritos de Alto Porã, Jacutinga e Santa Bárbara e dos bairros de Lunardelli.

O vigilante Rudinei Lemes Guerra experimentou pela 1ª vez a experiência de ser Papai Noel por um dia. “É maravilhoso, gratificante contribuir para alegrar o Natal de cada uma dessas crianças que são carentes”, afirmou o voluntário.

O presidente da Fundação Beneficente de Ivaiporã, José Carlos Pinto, disse que a maior motivação do Natal Solidário é fazer a felicidade das crianças, que ficaram sem receber a visita do Papai Noel em 2020 por conta do período mais crítico da pandemia de Covid-19. “Esse ano estamos ainda mais entusiasmados em alegrar as crianças e ensiná-las que o Natal não é só entregar presente, mas o verdadeiro significado que é o nascimento de Jesus Cristo, que veio para nos salvar, amar ao próximo e respeitar pai e mãe”, destacou José Carlos Pinto, ao agradecer a população que doou aproximadamente R$23 mil para a compra dos presentes.

Voluntários percorreram bairros de Ivaiporã e Lunardelli

Voluntários percorreram bairros de Ivaiporã e Lunardelli