Médico Nercio Gonzalez Estrada recebe título de Cidadão Honorário de Ivaiporã

Nercio Estrada posta homenagem ao lado do filho Guilherme, esposa Onilce, neta Júlia e irmã Maria Neuza Estrada Baratela

Nercio Estrada posta homenagem ao lado do filho Guilherme, esposa Onilce, neta Júlia e irmã Maria Neuza Estrada Baratela

O médico anestesista Nercio Gonzalez Estrada foi homenageado na noite da segunda-feira, 22 de novembro, com o título de Cidadão Honorário de Ivaiporã. A honraria foi concedida pela Câmara de Vereadores de Ivaiporã, por indicação da presidente Gertrudes Bernardy e aprovação por unanimidade pelos demais vereadores. A solenidade contou com a presença do prefeito Carlos Gil.

O médico foi homenageado por integrantes do Rotary Club Ivaiporã, entidade que foi presidida duas vezes por ele, e pela Associação Médica de Ivaiporã, que ele foi um dos fundadores.

Nercio Gonzalez Estrada nasceu no dia 29 de maio de 1951, filho de imigrantes espanhóis, Francisco Estrada Martins e Anastácia Gonzalez Gomes, que após passarem pelas fazendas de café em São Paulo, vieram para Arapongas, sendo Nercio o mais jovem de sete irmãos.

Estudante de escolas públicas, ele fez vários cursos preparatórios e, em 1972, foi admitido na Escola de Medicina e Santa Casa de Misericórdia de Vitória, no Espírito Santo. Formou-se em 1978 e voltou para Arapongas. Em 1979, prestou prova admissional no Hospital Evangélico de Londrina para a especialidade de Anestesiologia. No mesmo ano, casou-se com Onilce Célia Pricinato Estrada e dessa união tiveram três filhos, Carolina, Guilherme e Marcelo.

Atendendo a um pedido do pai, mudou-se para Ivaiporã, pois sabia que na região não havia especialista em anestesiologia e, em sua jornada de trabalho no município de Ivaiporã, já acumulou 58 mil procedimentos anestésicos, exercendo sua maior paixão, que é salvar vidas.

Em entrevista ao jornal Paraná Centro, ele disse que ficou surpreso com a quantidade de pessoas que foram à Câmara de Vereadores para prestigiar o evento. “Isso é um sinal que as pessoas gostam de mim e me sinto honrado com esse título, pois sei que não são muitas pessoas que receberam essa comenda e, geralmente, ela é destinada a quem fez algo para merecer”, disse o homenageado.

Ele disse que sempre esteve à disposição da sociedade, seja em sua atuação na área de saúde, no Rotary ou em outras instituições. “Sempre busquei ajudar os mais necessitados e esse título representa esse reconhecimento; me sinto feliz em receber uma homenagem desse porte”, comenta.

Ele lembrou o esforço realizado para a fundação da Associação Médica de Ivaiporã, que foi fundamental para que o município ganhasse a sede da Regional de Saúde. “Com muito empenho, conseguimos mostrar aos colegas a necessidade de fundar a associação e termos médicos bastante atuantes; e isso possibilitou o crescimento da medicina em Ivaiporã; hoje, por exemplo, temos quatro anestesistas aqui e, durante muito tempo, eram apenas dois e, provavelmente, vamos precisar de mais profissionais, pois o trabalho médico cada vez aumenta mais em nossa cidade”, comenta o homenageado.

Médicos prestigiam homenagem ao anestesista

Médicos prestigiam homenagem ao anestesista