Homem deixa a mulher em carcere privado em Boa Ventura do São Roque

A Polícia Militar de Boa Ventura do São Roque foi acionada por uma mulher de 29 anos, que relatou que sua irmã estava sendo agredida pelo seu convivente. No local, a PM conversou com a vítima, de 39 anos, que relatou que, no dia 17 de novembro, por volta das 3h00 da manhã, estavam retornando da cidade de Turvo, quando seu marido, de 31 anos, entrou com o carro na estrada de acesso a Rio Bonito e parou no meio da estrada e passou a agredir a vítima, batendo com a cabeça da vítima no volante do carro; depois ele ficou rodando com o carro pela rodovia por cerca de 2 horas, até que o combustível do veículo tivesse terminado. A mulher informou aos policiais que o homem havia feito o consumo de bebidas alcoólicas e maconha.

Ela relatou ainda aos policiais que o homem, durante todo o tempo, dizia que jogaria o carro embaixo de um caminhão. Quando o veículo ficou sem combustível, ele pegou a mulher pelo braço e a levou ao sítio do casal. A mulher acabou dormindo e, quando acordou, o marido não deixou que ela saísse da residência e nem falasse com parentes, além de ter escondido o celular dela.

A mulher só conseguiu sair de casa, dois dias depois, por volta das 12h00 da sexta-feira, dia 19 de novembro, quando conseguiu conversar com os familiares e pedir ajuda.

Os familiares foram à casa da mulher e o marido, quando retornou ao imóvel, em visível estado de embriaguez, jogou uma sacola com cerveja na mãe da vítima, pegou documentos da mulher e saiu do imóvel. A mulher foi encaminhada pelos policiais ao posto de saúde municipal para atendimento médico.

Os policiais tentaram localizar o homem, que tinha passagens pela Polícia Militar do Rio Grande do Sul. No final da noite, o homem foi visto rondando a residência onde estava a vítima e a PM foi acionada, prendeu e encaminhou o homem à delegacia de Polícia Civil de Pitanga.