Mulheres de Ivaiporã comentam importância do empreendedorismo feminino

Cristiane Lobo

Cristiane Lobo

Na sexta-feira, 19 de novembro, comemora-se o Dia Internacional do Empreendedorismo Feminino. Empreender vai além de simplesmente abrir um negócio ou criar um bom planejamento estratégico. É ter uma visão diferente para olhar em sua volta e avistar novas oportunidades para inovar dentro de um mercado que, muitas vezes, está estagnado, ou seja, explorar novas formas de ter lucro.

Por isso, o Paraná Centro conversou com mulheres empreendedoras de Ivaiporã que se destacam e contribuem para histórias de sucesso nos respectivos ramos de atividade e compartilharam seus desafios, suas vitórias, além das lições aprendidas ao longo de suas trajetórias no mundo dos negócios.

A empresária Cristiane Lobo começou como autônoma há 25 anos e, por ver a necessidade de potencializar o atendimento ao cliente, abriu a loja física Cris Modas, que atende no segmento de roupas masculinas, femininas, calçados, acessórios, perfumes e roupas fitness, que está comemorando 20 anos de existência no mês de novembro, atendendo Ivaiporã e região. “O segredo é ter paixão pelo trabalho, porque quando a gente ama o que faz sobra garra determinação, coragem, foco e visão para inovar, naturalmente. Outros fatores são a ética, respeito e compromisso com o cliente para fidelizá-lo à empresa e transformar em alguém da família”, relatou.

De acordo com Cristiane Lobo, a inspiração para empreender vem dos próprios clientes que, desde o início como autônoma, sempre deram a preferência e fizeram questão de comprar com ela em um mercado tão competitivo. “Empreender é analisar o mercado, contribuir para o crescimento da sua cidade com geração de empregos, desenvolver projetos e ser útil para melhorar sociedade”, afirmou.

Por sua vez, a empresária Nelise Boing, é formada em estética e desde então atende na área, mas foi só a partir de abril de 2020 que montou a Clínica Estética Divinê, especializada em procedimentos faciais e corporais. “Tão bom quanto atender, é ter o seu próprio negócio. Você toma as decisões, escolhe a melhor forma de trabalho. Empreender é um desafio diário, que vamos aprendendo”, destacou.

A profissional ressaltou que em todas as áreas é preciso uma visão de mercado, mas no ramo da estética, que está cada vez mais se atualizando, isso é cada vez mais forte, com lançamento de novos equipamentos, tratamentos e, para isso, é preciso sempre inovar para oferecer sempre o melhor para as clientes.

Para Nelise Boing, a estética é cuidado, é elevar autoestima das pessoas; e isso é o que a inspirou a empreender, a fazer disso a missão e a meta de vida dela. “Não é fácil, é preciso ter resiliência, foco, flexibilidade, liderança. Trabalhar em equipe faz toda diferença. Eu tenho uma equipe que me ajuda muito, então isso torna a rotina muito mais leve e tranquila”, ressaltou.

Conforme a esteticista, para se alcançar o sucesso, em qualquer área, não se deve perder a essência, saber de onde veio, como começou, tratar cada paciente igual, independente de classe social, atender sempre com sorriso no rosto e amar a profissão.

Nelise Boing

Nelise Boing