Dúvidas da Língua Portuguesa

Algumas dúvidas da Língua Portuguesa parecem perseguir os falantes. Conhecer a semântica e a ortografia da língua é indispensável para quem quer se livrar de erros na escrita.

Especialmente, a ortografia das locuções adverbiais costuma deixar muitos falantes cheios de dúvidas!

Embora a Língua Portuguesa seja a nossa língua materna e nela sejamos proficientes, especialmente na modalidade oral, nem sempre conseguimos nos comunicar de maneira adequada por meio dos textos escritos. Falar é fácil, difícil é escrever, e escrever bem! Isso acontece porque nosso idioma é complexo, são muitas as regras gramaticais e conhecê-las todas é uma missão nem sempre possível.

Com certeza ou concerteza?

Com certeza é uma locução adverbial e por esse motivo, é formada por duas palavras (as locuções podem ser formadas por duas ou mais palavras). Portanto, temos a preposição com + o nome certeza, e sua função é substituir um advérbio. Ex. Mas agora, com certeza, eu enxergo

De repente ou derrepente?

Algumas locuções parecem tão íntimas que enganam os falantes e, por causa dessa simbiose, acabam se misturando... É aí que mora o erro. Erro que você não vai mais cometer porque de repente se escreve assim, separadamente, como todas as locuções adverbiais da língua portuguesa. Derrepente, escrita dessa maneira, não existe.

De repente é uma locução adverbial formada pela preposição de + o nome repente. Ex. De repente do riso fez-se o pranto

De novo ou denovo?

De novo uma dúvida sobre a ortografia das locuções adverbiais. Isso quer dizer que precisamos ficar bastante atentos a elas. Você já deve ter percebido que a escrita correta é de novo, e não denovo, pois sabemos que se trata de uma locução adverbial constituída por duas palavras, a preposição de + o nome novo. Ex. Começar de novo e contar comigo

Através de ou por meio de?

Nesse caso, não existe certo ou errado, pois as duas locuções adverbiais estão corretas. Contudo, ainda que muitas pessoas confundam, elas não são equivalentes, isto é, não são locuções sinônimas. Observe o emprego adequado de cada uma delas:

Por meio de: A locução adverbial por meio de está relacionada com a ideia de instrumento utilizado na execução de determinada ação. Pode ser substituída pelas expressões mediante e por intermédio de sem qualquer prejuízo de sentidos. Ex. Soubemos da triste notícia por meio dos telejornais.

Através de: A locução adverbial através de deve ser empregada quando a intenção for indicar movimento físico, ou seja, indicar a ideia de atravessar algo. Ex. Viu a cidade ficar cada vez menor através da janela do avião.

Ao encontro de ou de encontro a?

As duas locuções estão corretas, e novamente precisamos ficar atentos ao emprego de cada uma delas. Como na dúvida anterior, as duas locuções não são equivalentes, portanto, seus usos ficam condicionados a situações específicas.

Ao encontro de: Significa ir no sentido de alguma coisa ou alguém, na sua direção. Observe o exemplo:

As crianças saíram da escola e foram ao encontro de seus pais.

De encontro a: A locução é o oposto de ao encontro de. Significa ir no sentido contrário a alguma coisa ou alguém, chocando-se com ela, confrontar. Veja o exemplo:

Os deputados aprovaram um projeto que vai de encontro aos interesses dos cidadãos.