Produtores aceleram plantio da safra de verão

Jaime Willemann cultiva 22 alqueires na região de Manoel Ribas

Jaime Willemann cultiva 22 alqueires na região de Manoel Ribas

Com as boas chuvas do mês de outubro, os agricultores de toda a região estão acelerando o plantio da safra de verão. A expectativa é que até o final dessa semana mais de 80% das áreas destinadas às lavouras sejam semeadas na região de Ivaiporã.

O engenheiro agrônomo da Coamo de Ivaiporã, Fernando Soster, avalia que o cenário é bastante animador, especialmente em relação ao ano passado, quando houve apenas duas chuvas durante o mês todo, após um longo período de estiagem e incertezas com relação ao desenvolvimento das plantas. “Temos uma boa umidade no solo, com volume pelo menos cinco vezes maior de precipitação que no ano passado e isso é importante pois repõe os estoques de água no solo e proporciona um bom início para o plantio”, comenta.

Porém, o excesso de chuva pode ter prejudicado o planejamento de alguns produtores, que gostariam de plantar o milho safrinha em 2022. Para que isso fosse viabilizado, com a possibilidade de contratação de seguro agrícola para o inverno do ano que vem, o plantio deveria ter ocorrido nos primeiros dias de outubro. “A janela de plantio da soja é boa, mas existe este detalhe, para quem pretende plantar o milho safrinha no ano que vem; a tendência é termos um cenário de área de milho semelhante ao que tivemos nesse ano”, avalia.

Para a próxima semana, apenas as áreas de produtores maiores não devem ter sido plantadas, especialmente se não houver chuvas no período.

Soster alerta aos produtores que está ocorrendo um sério problema com erva daninha, especialmente a buva. “Estamos alertando o produtor, há tempos, sobre a necessidade de fazer um manejo adequado; estamos vendo alguns problemas da soja nascendo em meio à buva e existe uma dificuldade de controle, sendo que, em alguns casos, será necessário recorrer à capina manual”, salienta. A estimativa é que a área cultivada nos municípios de Ivaiporã, Jardim Alegre, Ariranha do Ivaí e Arapuã fique em torno de 40 mil hectares.

Plantio em Manoel Ribas

Na região de Manoel Ribas, o plantio da soja também avançou bastante na semana passada. Um dos produtores que aproveitou a abertura do tempo para fazer a semeadura foi Jaime Willemann. Juntamente com os filhos, ele plantou 22 alqueires de soja. Ele contou que está muito animado com as chuvas que tem garantido uma boa umidade ao solo e de um bom desenvolvimento inicial. “O que está assustando é o preço dos adubos, que chegou aos R$ 5 mil a tonelada e, caso os preços da soja caiam no ano que vem, podemos ter sérios problemas de remuneração”, disse o agricultor.

Agricultores aproveitam boa umidade do solo para plantio da soja

Agricultores aproveitam boa umidade do solo para plantio da soja