Atleta de Ivaiporã vai jogar no futsal italiano

Aos 18 anos, pivô Gui Manesco vai jogar no futsal italiano

Aos 18 anos, pivô Gui Manesco vai jogar no futsal italiano

O atleta ivaiporãense Guilherme Manesco, 18 anos, embarcou para a cidade de Castelfranco Veneto, na Itália, a 46 quilômetros de Veneza, onde vai defender nos próximos oito meses a equipe sub19 do Futsal Giorgione.

No clube de Castelfranco, Guilherme Manesco será comandado pelo brasileiro Robson Marani, que mora há 16 anos na Itália, foi craque do futsal paranaense, com passagens pela seleção brasileira sub20, e é treinador da equipe do Giorgione, que recentemente foi campeã da Copa Itália e conseguiu o acesso para a Série B.

O jovem pivô jogou a última temporada pelo Coronel Futsal, de Coronel Vivida, fazendo parte das equipes sub18, sub20 e adulta, mas foi por conta do desempenho na Taça Brasil de Clubes de 2020, onde foi artilheiro e vice-campeão pelo Coronel Futsal, que o ivaiporãense foi descoberto por Robson Marani e, por ter descendência italiana, terá a oportunidade de atuar fora do país no Campeonato Nacional sub19 e treinar com a equipe adulta, após passar por um período de quarentena na Itália.

“A Liga Italiana sub19 tem mais de 100 equipes, sendo dividida por regiões; será uma experiência que me motiva e, ao mesmo tempo, me dá medo, mas tenho o apoio da minha família e acredito que por ser um time com muitos brasileiros a adaptação será mais fácil”, comentou o jogador.

Ele agradeceu ao apoio e o suporte que recebeu do Coronel Futsal na temporada 2021 e também a todos da Escolinha Silvinho Futsal, onde ele começou a trajetória no futsal, aos seis anos de idade. “Agradeço ao Coronel Futsal por ter aberto as portas para eu jogar no time profissional e também ao Silvinho, que é meu treinador desde que comecei no futsal”, ressaltou Gui Manesco.