Trevo do Ouro Verde deve ter início em breve

Imagem da notícia.

A Estrada do Ouro Verde, no município de Ivaiporã, após ter sido asfaltada os seus 5,8 quilômetros de extensão, na gestão passada, ainda aguarda a construção do seu trevo de ligação com a Rodovia PR 466.

O projeto do trevo está aprovado pelo DER – Departamento de Estradas de Rodagens, desde o final do ano passado, mas só deve ser liberado o aditivo nos próximos dias.

O diretor da Secretaria de Estado da Infraestrutura e Logística (SEIL), José Brustolin, informou que o valor do aditivo é de R$ 2,5 milhões, mas serão liberados mais R$ 2,1 milhões de recursos complementares. “O processo já foi encaminhado para a Procuradoria Geral do Estado (PGE), que deve liberar para assinatura em três dias”, completou Brustolin. Depois disso, o aditivo do convênio será assinado e a Prefeitura providenciará a licitação para escolha da empresa que irá executar a obra.

Segundo Bruno Montoro, diretor do Departamento de Obras da Prefeitura de Ivaiporã, aconteceram mudanças no projeto original, por isso só agora a obra terá início.

A Estrada do Ouro Verde foi pavimentada pelo governo do estado, na gestão passada, e abriu um novo corredor de desenvolvimento no município e agora também receberá recursos do governo federal para a construção do Parque de Exposições, que se localizará ao lado do novo trevo, com frentes para a Estrada do Ouro Verde e para a Rodovia PR 466.

Para o Secretário da Seil, Sandro Alex, trata-se de uma obra estruturante muito importante para todos os municípios da região, já que Ivaiporã é polo regional e recebe pessoas de todas as cidades vizinhas. “O novo trevo facilitará o acesso a Ivaiporã e auxiliará no transporte e desenvolvimento regional. Por isso, o governador Ratinho Junior pediu empenho na liberação da obra”, acrescentou Sandro Alex.