Pitanga realiza curso de operador de trator só para mulheres

Mulheres acompanham explicações da instrutora

Mulheres acompanham explicações da instrutora

A Prefeitura de Pitanga, em parceria com o Senar (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural) e o Sindicato Rural de Pitanga, realizou entre os dias 13 e 17 de setembro, o primeiro curso de operador de trator voltado exclusivamente para mulheres, que contou com 7 participantes e teve como instrutora a professora Silvana Olzewski, que há 17 anos ministra cursos de operação de maquinário.

A instrutora Silvana Olzewski salienta que o grupo formado apenas por mulheres facilita o aprendizado, porque elas perdem o medo de fazer questionamentos. Ela explica que o principal objetivo do curso é a operação do equipamento, para que possam trabalhar com o trator com segurança, técnica correta e também tenham conhecimento dos principais sistemas e da manutenção básica. “No início, elas ficam com medo, pois o trator é um equipamento grande, e têm um pouco de receio, especialmente na hora de sair com ele, e com uma instrutora mulher elas ficam mais à vontade”, esclarece. O curso tem uma carga horária de 40 horas/aula.

O secretário municipal de Agricultura, José Roberto Ramos da Luz, salienta que a realização desse curso tem a ver com a participação da mulher no agronegócio, que tem sido muito importante, pois a agricultura está evoluindo. Ele ressalta que a parceria entre a Secretaria de Agricultura, Senar e Sindicato Rural tem sido fundamental. “Temos percebido a empolgação das participantes e vemos a importância do papel que cada uma delas tem em sua propriedade e, certamente, com essa capacitação, elas poderão ajudar nas atividades cotidianas”, comenta o secretário de Agricultura.

O mobilizador do Senar em Pitanga, Elias Harmuch, disse que em quase 20 anos à frente da mobilização do Senar, essa é a primeira vez que um curso como esse é ofertado apenas para mulheres. Outras duas turmas já estão garantidas, sendo uma em parceria com a UCP, para marcar a comemoração dos 19 anos da faculdade; e também no mês de outubro, no município e Boa Ventura do São Roque, em parceria com a prefeitura. “Acredito que o mais importante desse curso é possibilitar que as mulheres possam saber e conversar sobre planejamento e como utilizar o trator na área rural, o que demonstra a força da mulher no agronegócio e no campo”, frisa.

Secretário de Agricultura José Roberto Ramos da Luz e o mobilizador do Senar Elias Harmuch

Secretário de Agricultura José Roberto Ramos da Luz e o mobilizador do Senar Elias Harmuch