Prefeito de Manoel Ribas se reúne com presidente da Sanepar

Representantes de Manoel Ribas participam de reunião com presidente da Sanepar, Claúdio Stabile

Representantes de Manoel Ribas participam de reunião com presidente da Sanepar, Claúdio Stabile

O prefeito de Manoel Ribas, José Carlos Corona, e os vereadores Willian Loch, Valdinei Fogaça, Márcio Patera e o professor Altevir, se reuniram, recentemente, com o presidente da Sanepar, Cláudio Stabile, e técnicos da empresa para debater as constantes interrupções no abastecimento de água no município.

Segundo explicou o prefeito, essa situação não está ocorrendo por falta de água nos poços de captação, como acontece em outras cidades da região, mas sim pela demora no conserto de problemas relacionados aos equipamentos que fazem a captação e distribuição da água. “Quando existe um problema em um dos equipamentos, uma equipe de técnicos tem que se deslocar de Ponta Grossa a Manoel Ribas para fazer a manutenção e, durante esse período, a população fica sem água”, cita o prefeito. Nos últimos 30 dias, por pelo menos duas vezes houve um período maior de falta de água em Manoel Ribas e isso causou reclamações por parte da população. Além dos dois poços artesianos que abastecem a cidade e não apresentam falta de água, a Sanepar tem um terceiro poço, que ainda não foi colocado em operação.

O prefeito destaca que a reunião teve um saldo extremamente positivo. Dois dias após o encontro em Curitiba, uma equipe de técnicos da Sanepar esteve em Manoel Ribas, onde fez reuniões com a população e lideranças, para a formulação de um plano de ação e verificar o motivo da demora na manutenção dos equipamentos que fazem a distribuição da água no município. “Eles se comprometeram a fazer uma reavaliação como um todo e observar os pontos críticos para fazer um plano B e dar mais agilidade ao conserto e solução dos problemas”, salienta.

Outro ponto que está sendo debatido é a realização de uma avaliação para a implantação de outra bomba, que vai levar a água aos pontos mais altos da cidade e, que em caso de interrupção, para que a água retorne com mais rapidez. “A visita foi muito produtiva e quero agradecer ao presidente Cláudio Stabile, pela pronta resposta às nossas reivindicações, e informar que haverá uma revisão na questão da taxa de ligação de esgoto, que foi outra reclamação da população”, disse o prefeito de Manoel Ribas.