Castra Pet Paraná realiza ação em Turvo

Na quinta e sexta-feira, 2 e 3 de setembro, 84 animais foram recebidos no Programa Permanente de Esterilização de Cães e Gatos (CastraPet Paraná), no município de Turvo, na região central do estado. A ação foi promovida pela Secretaria do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo (Sedest), em parceria com os municípios, que realizam o cadastro das famílias beneficiadas.

“O programa vem beneficiando, principalmente, a população carente do Paraná. Ter um animal requer muitos cuidados e um investimento que muitos não possuem”, lembra o secretário do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo, Márcio Nunes.

Turvo faz parte do segundo ciclo do programa, iniciado neste segundo semestre e que irá atender 80 municípios com recursos de R$ 2,5 milhões do Fundo Estadual do Meio Ambiente e de emendas parlamentares. O primeiro ciclo atendeu 15 mil animais em 45 municípios, com investimentos de R$ 2,4 milhões.

Os municípios que desejam realizar as castrações devem entrar com solicitação junto à Secretaria ou aos deputados estaduais para liberação de recurso.

“Quando contemplado, o município fica responsável pelo cadastro dos animais, dentro das vagas disponibilizadas, bem como definição dos critérios de atendimento, ou seja, se a necessidade maior são animais de famílias de baixa renda, de protetores, de rua”, explica o diretor de Políticas Ambientais da Sedest, Rafael Andreguetto.

As cirurgias são realizadas dentro do castramóvel, veículo equipado para garantir a segurança dos pets durante os procedimentos. É preciso que os tutores respeitem o jejum absoluto (comida e água) dos animais por oito horas. A medida é necessária para que os pets recebam se recuperem bem da anestesia.