Preço x Valor

Um cliente me perguntou quanto custava fazer um trabalho.

Eu respondi: - $ 1500

Ele disse: - Nossa, tão caro?

Eu perguntei: - Quanto você cobraria?

Ele me responde: - No máximo uns $ 800... É um trabalho bem simples, né?

- Por $ 800 eu te convido a fazê-lo você mesmo.

- Mas... Eu não sei fazer isso.

- Por $ 800 eu te ensino. Assim, além de economizar $ 700, você vai ter o conhecimento para a próxima vez que quiser.

Ele achou legal e concordou.

- Mas, para começar, você precisa de ferramentas. Um soprador, estilete, uma espátula de feltro, vinil, luvas, etc...

- Mas eu não tenho esses equipamentos e não posso comprar tudo só para um trabalho.

- Então por outros $ 300 eu alugo minhas coisas para que você possa fazê-lo.

- Certo. - diz ele.

- Certo. Na terça-feira espero por você para começar a fazer o trabalho.

- Mas não posso na terça, só tenho tempo hoje.

- Desculpe, mas só estou disponível na terça para ensiná-lo e emprestar minhas coisas. Nos outros dias estou ocupado com outros clientes.

- Certo. Isso significa que vou ter que sacrificar minha terça, abrir mão das minhas tarefas.

- Ah, esqueci! Para fazer o trabalho sozinho, você também tem que pagar os fatores não produtivos.

- Que são... O que é isso?

- Segurança, seguro, combustível, etc.

- Ah não... Mas pra realizar essas tarefas, vou ter que gastar mais dinheiro e perder muito tempo!

- Você tem tempo e dinheiro? Pode fazer essas coisas antes por mim?

- Certo.

- Eu preparo todo o material que você precisa. O carregamento do caminhão é feito na segunda à noite ou na terça de manhã. Você vai ter que vir às 6 da manhã carregar o caminhão. Não se esqueça de ser pontual para evitar engarrafamentos e estar em tempo.

- Às 6? Não! Cedo demais para mim! Eu costumo levantar mais tarde.

- Sabe, estou pensando. Melhor você fazer o trabalho. Prefiro te pagar os $ 1500. Se eu o fizesse, não seria perfeito e me custaria muito mais.

Moral da história citada:

Quando você paga por um trabalho, especialmente feito à mão, está pagando não apenas o material usado, mas também: conhecimento, experiência, estudos, ferramentas, serviços, tempo para concluir, pontualidade, responsabilidade, profissionalismo, sacrifícios, segurança e proteção.

Ninguém pode denegrir o trabalho de outras pessoas julgando os preços.

Apenas sabendo todos os elementos necessários para a produção de um determinado trabalho é que você pode estimar o custo real.

Autor desconhecido