Artistas de Ivaiporã divulgam projeto independente de cultura

Luciano Lúdico e Riel Paixão falam sobre o objetivo do projeto. Por: Antonello Nadal

Luciano Lúdico e Riel Paixão falam sobre o objetivo do projeto

Fonte: Antonello Nadal

O ator e cantor Luciano Lúdico e o músico Riel Paixão iniciaram, recentemente, dois projetos independentes para conhecer os artistas e as respectivas necessidades, difundindo assim a cultura no município de Ivaiporã: o Cultura Local Ivaiporã e o Rock solidário Ivaiporã. Representando os artistas locais, eles estiveram na redação do Paraná Centro, quando comentaram sobre as lives que realizam semanalmente, abordando cultura e rock in roll.

Segundo os artistas, o projeto Cultura Local foi idealizado voluntariamente com objetivo de criar um espaço para os artistas desenvolverem os projetos e divulgarem coletivamente nas redes sociais, alcançando assim, um maior número de pessoas. “As lives surgiram como alternativa nesse momento de pandemia, para que cada artista se comunique com seu público e também divulgue o trabalho coletivamente, para que mais pessoas tenham acesso, ou simplesmente seja apoiador e consumidor de arte e cultura”, destacou Riel Paixão.

“É um espaço alternativo e independente, em que o foco é ajudar os artistas a entender que a arte e a cultura têm que ser vistas como indústria, gerando emprego e renda para os artistas. A ideia é entrevistar diversas categorias de produtores de cultura e arte para conhecer e saber as necessidades de cada um”, completou Luciano Lúdico.

Eles citaram que, assim que for possível, por conta da pandemia de Covid-19, pretendem fazer eventos presenciais para fomentar a cultura no município, ocupando os espaços públicos com arte.

As lives são transmitidas sempre às segundas-feiras, pelo Instagram do Rock Solidário, às 19h00, e do Cultura Local, às 20h00. No Facebook, os idealizadores do Cultura Local fazem publicações com um breve histórico dos artistas.

A ideia do Rock Solidário é ser uma continuação das lives beneficentes organizadas pela galera do rock durante a pandemia. “A proposta é criar um festival anual com participação das bandas locais, de forma que a entrada seja uma espécie de ingresso solidário, onde a ação solidária beneficie quem esteja precisando”, ressaltou Riel Paixão, idealizador do Rock Solidário.