Profissionais de enfermagem de Pitanga participam de mobilização em Brasília

Lucélia de Paula, Viviane Cristina de Araújo Macoski e Vera Lucia Peczk foram a Brasília representar enfermagem de Pitanga

Lucélia de Paula, Viviane Cristina de Araújo Macoski e Vera Lucia Peczk foram a Brasília representar enfermagem de Pitanga

As profissionais de enfermagem Lucélia de Paula, Viviane Cristina de Araújo Macoski e Vera Lucia Peczk, que trabalham no Hospital São Vicente de Paulo de Pitanga, representaram a região central na 2ª Marcha da Enfermagem, que ocorreu em Brasília, no dia 17 de agosto. Mais de 2 mil profissionais da enfermagem, sindicatos e diversas entidades de classe de quase todos os estados do país se uniram para reivindicar a aprovação do PL 2564/2020, que estabelece o piso salarial, além da carga horária de 30h semanais para enfermeiros, técnicos, auxiliares e obstetrizes.

Viviane Macoski comenta que o objetivo da marcha foi chamar a atenção para o projeto de lei que está em trâmite no Senado, que regulamenta salários e carga horária da profissão. “Foi uma pressão que queríamos fazer sobre esse projeto de lei, que está há mais de um ano parado no Senado Federal, esperando para ser votado; mas eu acredito que após essa mobilização, teremos bons frutos e as reivindicações da enfermagem foram vistas”, ressalta a técnica em enfermagem.

Ela destacou que um ônibus saiu de Ponta Grossa e foi a Brasília, em mais de 28 horas de viagem. “Eu vi a primeira marcha pela televisão, mas estar lá é totalmente diferente e, apesar da viagem ter sido cansativa, desgastante e demorada, foi bem produtiva”, salienta.

Representantes da categoria foram recebidos pelo autor do projeto de lei, o senador Fabiano Contarato, e deputado federal Aliel Machado, que garantiram apoio. “A expectativa é que o projeto seja colocado em pauta nos próximos dias, mas precisamos que a população continue apoiando as causas da enfermagem e cobrando de seus senadores e parlamentares”, solicita a técnica em enfermagem.

Viviane Macoski comenta que muitas pessoas ajudaram as três profissionais de Pitanga com as despesas para ir até Ponta Grossa e também com alimentação. Elas agradecem a todas as pessoas que ajudaram e deram apoio à iniciativa.