Cooperativas e associações da região encaminham projetos para o Coopera Paraná

José Guilherme Camilo avalia projetos da região de Pitanga

José Guilherme Camilo avalia projetos da região de Pitanga

Pelo menos 16 cooperativas e associações de produtores encaminharam projetos para buscar recursos junto ao programa Coopera Paraná, desenvolvido pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Agricultura e Abastecimento (Seab). Oito projetos foram encaminhados pelas cooperativas nos municípios jurisdicionados ao Núcleo Regional da Seab de Pitanga e oito projetos pelas cooperativas e associações vinculadas ao Núcleo Regional da Seab de Ivaiporã.

O chefe da Seab de Pitanga, José Guilherme Stipp Camilo, comenta que todos os oito projetos apresentados para a Seab de Pitanga apresentam viabilidade técnica e agora seguem para a última etapa do Coopera, que é a seleção entre todos os projetos apresentados no Paraná.

Ele destaca que, na região da Seab de Pitanga, já são quatro projetos em andamento nas cidades de Palmital, Santa Maria do Oeste, Cândido de Abreu e Pitanga, aprovados no edital passado do Coopera Paraná. “Eles apresentaram o projeto e agora vamos torcer para que os projetos sejam classificados e o dinheiro possa ser liberado para essas ações”, ressalta. Camilo lembra que, no ano passado, o projeto que ficou em primeiro lugar no edital foi o da cooperativa de Santa Maria do Oeste. “Agora, a equipe técnica vai analisar o edital de chamamento que foi aberto para todas as associações e cooperativas, mas todas as oito propostas apresentadas são viáveis”, salienta.

O chefe da Seab de Pitanga destaca que o convênio com a cooperativa possibilita um resultado imediato e o benefício chegando direto ao produtor.

Já na região de Ivaiporã, foram oito projetos apresentados, sendo seis de associações e dois de cooperativas, dos municípios de Arapuã, Jardim Alegre, Lunardelli, Rio Branco do Ivaí, Grandes Rios, São Pedro do Ivaí e Borrazópolis que apresentou dois projetos. “Fizemos uma pré-análise dos projetos apresentados e todos estão dentro do que foi solicitado no edital. Vamos encaminhá-los para Curitiba e esperamos que possam ser classificados”, cita a chefe do núcleo da Seab de Ivaiporã, Vitória Holzmann. Ela destaca que a maior parte dos projetos trata da organização da comercialização da produção os associados e cooperados. “O Coopera demonstra a importância dos produtores rurais estarem unidos e organizados em associações ou cooperativas. Acredito que esse programa vai incentivar ainda mais a organização dos produtores”, salienta.

Vitória Holzmann frisa importância da união entre produtores rurais

Vitória Holzmann frisa importância da união entre produtores rurais