Mauá da Serra reforça conscientização sobre violência contra criança e adolescente

Colocação de cartazes e panfletagem chama a atenção em Mauá da Serra

Colocação de cartazes e panfletagem chama a atenção em Mauá da Serra

A Secretaria Municipal de Assistência Social de Mauá da Serra, em parceria com o Cras, realizou, recentemente, uma mobilização pelas redes sociais da prefeitura e da secretaria, e um trabalho de panfletagem nas ruas com a campanha “Não Engula o Choro”, alusiva aos 31 anos de celebração do Estatuto da Criança e Adolescente (ECA) e também como continuidade às ações alusivas ao 18 de maio, quando se celebra o Dia Nacional de Enfrentamento a Violência e o Abuso contra a Criança e Adolescente.

Segundo a secretária municipal Luciane Mariano, o município tem uma grande parceria com o Governo do Estado e realiza ações em todas as campanhas desenvolvidas pelos órgãos estaduais de ação social. “Mesmo com as restrições impostas pela pandemia, temos movimentado as redes sociais, junto à imprensa e ainda com ações de conscientização e panfletagem”, informa.

Ela destaca que os indicadores de violência contra a criança e adolescente no município ainda são altos e que a pandemia trouxe um desafio ainda maior para o enfrentamento dessa violência. “Temos a percepção que houve um aumento da violência doméstica e também contra as crianças e adolescentes, não apenas em Mauá da Serra, mas em todo o país; quando tomamos conhecimento das denúncias, procuramos adotar as medidas cabíveis, entramos em contato com a família e trabalhamos em rede para a proteção e segurança da criança e adolescente, com a primeira ação do conselho tutelar e acionamento dos outros órgãos que compõem essa rede de proteção”, explica a gestora da assistência social.

Campanha do Agasalho

Outra ação importante que está ocorrendo em Mauá da Serra, capitaneado pela equipe da Assistência Social, é a campanha do agasalho, que vai até o mês de agosto. A cidade de Mauá da Serra, por estar localizada em uma altitude acima de mil metros, é considerada bastante fria e além de um inverno mais rigoroso, houve um aumento na demanda de pessoas que precisam dos serviços da assistência social, em função dos problemas ocasionados pela crise econômica. Para evitar aglomerações, o Departamento de Assistência Social tem feitos kits de roupas e calçados e entregues às pessoas em situação de vulnerabilidade social, que precisam desses agasalhos. Cerca de 100 famílias já foram beneficiadas.

No entanto, a assistência social solicita que as pessoas que queiram contribuir com a campanha, podem deixar suas doações junto ao Cras ou entrar em contato com a assistência social, que disponibilizará uma forma de retirá-las.