Curso de primeiros socorros é realizado em Ivaiporã

Bombeiros mostram como desobstruir vias aéreas após um engasgamento

Bombeiros mostram como desobstruir vias aéreas após um engasgamento

Socorristas do 1º Subgrupamento Independente do Corpo de Bombeiros de Ivaiporã realizaram no sábado, 17 de julho, no salão paroquial da Igreja Santíssima Mãe de Deus, um curso de primeiros socorros gratuito, direcionado ao atendimento a bebês e crianças, a convite da esteticista Mirian Bueno. O público alvo foi formado por pais, mães e professores da educação infantil, que receberam orientações de como proceder quando crianças ou bebês sofrem algum tipo de engasgamento.

Nas palestras, os socorristas do Corpo de Bombeiros de Ivaiporã abordaram o Gênero de Atendimento Pré-Hospitalar, com enfoque no atendimento de afogamento e engasgamento de crianças recém-nascidas até a faixa etária de 10 anos de idade.

Conforme o soldado Manicki, o maior índice de afogamento ou engasgamento de crianças na faixa de 1 ano de idade é com leite materno, ao passo que, nos adultos, a carne é o maior vilão. “Passamos a manobra de Heimlich, considerado o melhor método de desobstrução de vias aéreas em ambiente pré-hospitalar”, informou o soldado, que esteve acompanhado pelos soldados Lima, Júnior, Osmar e cabo Oga.

De acordo com o oficial, em situações emergenciais é fundamental que se mantenha a calma, porque facilita o pedido de ajuda e a passar os dados para quem vai prestar o socorro, para encontrar o endereço da ocorrência.

A organizadora do evento, Mirian Bueno, ressaltou que o curso foi bastante proveitoso, uma vez que ajuda a salvar vidas. “Os bombeiros trouxeram informações muito importantes e relevantes para pais e educadores no que diz respeito a salvar vidas dos filhos ou de crianças, em caso de urgência”, afirmou.

Além da parte presencial, onde compareceram 40 pessoas e foram doados 40 quilos de alimentos para as famílias atendidas pela paróquia Santíssima Mãe de Deus, o curso também foi transmitido pelo Instagram e atingiu um alcance de quase 3 mil visualizações, tendo também sido postado no Facebook para quem optou por participar do curso de forma virtual, devido à pandemia.

Participantes do curso no modelo presencial

Participantes do curso no modelo presencial