Geada intensa pode provocar perdas nas lavouras de trigo

Imagem da notícia.

A semana começou gelada em todo o estado do Paraná, com registro de geada em boa parte das cidades. As baixas temperaturas foram registradas nessa segunda-feira em toda a região central. Segundo a unidade da Coamo de Ivaiporã, a temperatura mais baixa na madrugada dessa segunda-feira, dia 19 de julho, foi de 1oC em Ivaiporã e Jardim Alegre, com forte ocorrência de geada; em Arapuã, os termômetros marcaram 2oC negativos. Os cenários foram parecidos com o que foi registrado no final do mês de junho, quando uma forte geada causou danos às lavouras de milho. Na época, pela fase desenvolvimento, não ocorreram prejuízos ao trigo, mas o cenário dessa vez é um pouco mais preocupante.

O agrônomo da unidade da Coamo de Ivaiporã, Fernando Soster, fez uma avaliação inicial que a geada pode causar uma perda de produtividade na ordem de 15%. No entanto, será necessário aguardar os próximos dias para fazer uma avaliação mais precisa sobre os efeitos da geada sobre os trigais.

A principal preocupação é com a lavoura que iniciou o processo de “emborrachamento”, quando a planta começa a formar a estrutura para soltar a espiga. A geada danifica essa estrutura e isso afeta a produtividade.

Imagem da notícia. Por: Ilda Verenka

Fonte: Ilda Verenka

Imagem da notícia. Por: Ilda Verenka

Fonte: Ilda Verenka

Imagem da notícia.