Cinco pessoas ficam feridas em confusão generalizada em Pitanga

A Polícia Militar de Pitanga foi acionada por volta das 18h30 do sábado, 17 de julho, para comparecer à região de Barro Preto, município de Pitanga, onde uma confusão generalizada foi registrada em uma pista de laço. Segundo o relato, cinco pessoas ficaram feridas na briga, sendo que as lesões foram causadas por arma de fogo e faca e um dos autores havia fugido em um veículo de cor vermelha.

Enquanto se deslocava à localidade, a viatura da PM abordou uma caminhonete que transportou os feridos ao Hospital São Vicente de Paulo. O condutor informou que, ao chegar no local dos acontecimentos, as pessoas já estavam feridas e ele não sabia informar quem eram os feridos e quem teria causado a confusão.

A equipe policial foi ao hospital, onde foi informada que cinco pessoas deram entrada com ferimentos. Um homem de 23 anos, que teve um ferimento causado por faca no lado direito; um homem de 42 anos, com ferimento também na barriga do lado direito; um homem de 39 anos, com ferimento causado por disparo de arma de fogo, que atingiu o braço direito e ainda uma lesão no lado direito do abdome; uma vítima de 36 anos, que teve um ferimento no ombro e no braço por arma de fogo; e um outro homem, que não teve a idade divulgada, que sofreu ferimentos na axila, no peito e barriga, causados por faca.

Os feridos foram questionados sobre o que havia acontecido e relataram que um homem de 19 anos estava com um revólver calibre 38 e efetuou os disparos e o avô dele, de 68 anos, efetuou as lesões causadas por faca.

A confusão teria ocorrido com a discussão entre uma mulher de 38 anos e seu convivente, que é o homem de 36 anos. O filho da mulher, de 19 anos e o pai da mulher interviram na situação e começaram a briga generalizada. A mulher, que estava do lado de fora do hospital, confirmou a versão dos feridos e disse que não sabia onde estava seu pai e seu filho e que o homem de 68 anos mora na cidade de Santa Maria do Oeste e saiu do local da briga em um Prisma de cor vermelha. A PM de Pitanga pediu apoio para a equipe de Santa Maria do Oeste, que foi até a casa do suspeito, mas não o localizou.