Gêmeas ivaiporãenses vão cursar medicina na mesma faculdade

Isabella e Isadora Marques vão cursar medicina em Campo Mourão

Isabella e Isadora Marques vão cursar medicina em Campo Mourão

As gêmeas ivaiporãenses Isabella Letícia e Isadora Beatriz Silva Marques, 21 anos, vão cursar medicina no Centro Universitário Integrado de Campo Mourão. Elas conseguiram juntas a aprovação no vestibular da instituição e estão de mudança para realizar um sonho de família.

As gêmeas fizeram o Ensino Médio no campus de Ivaiporã do Instituto Federal do Paraná (IFPR) e concluíram o período escolar no Colégio Estadual Idália Rocha, também em Ivaiporã, antes de passarem cerca de três anos e meio em Maringá, onde fizeram cursinho preparatório para o vestibular.

O resultado do processo seletivo dos inscritos para ingresso com nota do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), com direito a bolsa de estudos integral, foi divulgado em junho, e as irmãs já estão matriculadas no curso que se inicia na próxima segunda-feira, 19 de julho.

“É muito gratificante termos sido aprovadas juntas, porque sempre estudamos e compartilhamos do mesmo sonho de continuar juntas, vivendo a experiência da faculdade, por isso, estamos muito felizes por continuarmos unidas”, revelaram as calouras de medicina.

Isabella foi classificada em 11º lugar e Isadora em 15º, na disputa pelas 13 vagas disponíveis no vestibular, na modalidade bolsa de estudos. No entanto, após duas desistências, Isadora passou na segunda chamada e poderão realizar um sonho de família de se tornarem médicas, inspiradas pela mãe Lucimara Floriano da Silva, que foi técnica de enfermagem e, hoje trabalha na Apae de Jardim Alegre como professora.

“Estamos ansiosas e na expectativa por esse momento e a recompensa de tanto esforço e dedicação. Vamos aproveitar essa oportunidade para crescer e nos tornar grandes profissionais”, comentaram as irmãs, revelando a cumplicidade das duas nos estudos e no objetivo de chegar à faculdade.

Elas mencionaram que as aulas devem iniciar no modelo híbrido, por conta da pandemia de Covid-19. “Já tivemos contato com os veteranos e o início das aulas será hibrido (online e presencial) com todo o cuidado que o momento atual exige”, reiteraram as gêmeas ivaiporãenses.

Gêmeas ivaiporãenses comentam importância da mãe Lucimara Silva na conquista

Gêmeas ivaiporãenses comentam importância da mãe Lucimara Silva na conquista