Vacinação contra a Covid-19 avança em Mauá da Serra

Tânia Macedo – vice-prefeita e secretária de Saúde

Tânia Macedo – vice-prefeita e secretária de Saúde

A vice-prefeita e secretária municipal de Saúde de Mauá da Serra, Tânia Macedo, fez uma avaliação sobre a vacinação contra a Covid-19 no município. Até a semana passada, a secretaria iniciou a vacinação da população em geral com idade acima de 45 anos, caminhoneiros, grávidas e puérperas acima de 18 anos. Os grupos prioritários com comorbidades, idosos e profissionais de educação já foram imunizados com, pelo menos, a primeira dose da vacina.

Ela destaca que o município tem procurado vacinar as pessoas com a maior agilidade possível; assim que chegam as remessas de vacinas, elas são rapidamente aplicadas. “A adesão da população tem sido ótima, são poucas as pessoas que não querem tomar o imunizante, inclusive, algumas que, no início, recusaram a vacina, já nos procuraram para tomar”, ressalta a secretária de saúde.

Ainda existem casos de pessoas que querem escolher a vacina a ser tomada, como na semana passada, quando havia a vacina da Pfizer, houve uma procura maior pelo imunizante, mas a adesão tem sido boa e as pessoas estão entendendo a importância de se vacinar. Ela lembra que não é possível escolher a vacina a ser aplicada. “Acredito que a esperança de todos os cidadãos é que essa vacinação possa acabar com essa pandemia, pois já estamos há um ano e meio com essa doença”, cita Tânia Macedo.

No entanto, ela lembra que mesmo com a pessoa tomando as duas doses da vacina, ela precisa continuar se cuidando, com o uso da máscara, higienização das mãos e distanciamento social, evitando aglomerações. “Enquanto não houver uma redução nos números de casos, o vírus não vai parar de circular e, mesmo vacinada, a pessoa corre o risco de se contaminar, com a Covid-19”, salienta.

Tânia Macedo informa que houve uma mudança no perfil das pessoas que estão se infectando com a Covid-19. Anteriormente, eram mais pessoas idosas e com comorbidades que poderiam pegar a Covid-19 e, agora, os casos são registrados em adolescentes e jovens com até 40 anos de idade.

Arrecadação de alimentos

Junto com a vacinação, a Secretaria de Saúde está realizando uma campanha de arrecadação de alimentos e agasalho. A iniciativa da Amuvi (Associação dos Municípios do Vale do Ivaí) tem conseguido grande adesão em Mauá da Serra. As pessoas podem doar os alimentos de forma voluntária e os produtos arrecadados são encaminhados ao Departamento de Assistência Social, que faz a distribuição às famílias necessitadas. “Já foram realizadas duas entregas para a Assistência Social, mas o mais importante que nenhuma pessoa é obrigada a doar, ela tem a vacina garantida, mas mesmo assim doa”, ressalta.