Concurso da Polícia Militar é realizado em Ivaiporã

Candidatos chegam à Univale para fazer a prova

Candidatos chegam à Univale para fazer a prova

O município de Ivaiporã foi uma das sedes do concurso da Polícia Militar do Paraná e Bombeiros Paraná realizado no domingo, 13 de junho, pelo Núcleo de Concursos da Universidade Federal do Paraná (NC/UFPR). O processo seletivo prevê a contratação de 2.400 policiais e bombeiros.

No total, 711 inscritos compareceram aos locais de provas, na Univale, Fatec e Colégio Estadual Barão do Cerro Azul. Os ausentes totalizaram 366 candidatos, o que corresponde a 33,98% de abstenção no município, enquanto a abstenção geral no Estado foi de 44,2%.

Temperatura dos candidatos é aferida

Temperatura dos candidatos é aferida

Um rigoroso protocolo de biossegurança foi exigido para que os candidatos pudessem entrar nas instituições, das 11h30 às 12h30, meia hora antes do início do concurso, que foi das 13h00 às 18h00.

Álcool gel é disponibilizada na entrada da Univale

Álcool gel é disponibilizada na entrada da Univale

Além do uso de máscaras, os candidatos foram submetidos à medição de temperatura, ficando vedada a entrada daqueles que, eventualmente, apresentassem temperatura de 37,1°C ou mais, enquanto que nas salas de aula eles obedeceram ao distanciamento de no mínimo, 1,5m entre as cadeiras e mesas.

Eles realizaram provas objetivas de Língua Portuguesa (15 questões); Matemática (12); História (dez); Geografia (12); Informática (sete); e Estatuto da Criança e do Adolescente (quatro), além da redação.

Somente serão aprovados aqueles com nota igual ou superior a 20 pontos no exame objetivo. Os habilitados, dentro do número de vagas especificado no edital, terão a redação corrigida.

O coordenador geral da UFPR, Eduardo Teixeira da Silva, explicou que o concurso foi descentralizado e contou com 56 mil candidatos espalhados por Campo Mourão, Cascavel, Curitiba, Foz do Iguaçu, Francisco Beltrão, Guarapuava, Ivaiporã, Jacarezinho, Londrina, Maringá, Ponta Grossa, Paranaguá, Paranavaí, Telêmaco Borba, Umuarama e União da Vitória.

O auxiliar de serviços gerais, Diego Ferreira de Lima, 22 anos, veio de Grandes Rios tentar a carreira que sempre quis. “É um sonho desde criança e também uma oportunidade de ocupar um cargo público”, afirmou.

Para o Mateus Evangelista Dias, 22 anos, de Apucarana, o concurso da PM também é uma oportunidade de realizar um sonho de infância e, para isso, ele fez até curso preparatório. “Sempre almejei desde criança, mas também é um desejo por estabilidade financeira”, pontuou.

Jean Carlos Costa, 24 anos, operador de máquinas, em Borrazópolis, disse que pretende entrar para a corporação incentivado pelo primo, que é policial militar. “Não tive muito tempo de estudar por conta da colheita, mas espero me sair bem”, argumentou.

Tenente Augusto fala da importância do concurso

Tenente Augusto fala da importância do concurso

O tenente Augusto, responsável pelo setor de comunicação social da 6ª Companhia Independente de Polícia Militar de Ivaiporã, ressaltou a importância do concurso. “O concurso visa reforçar o efetivo da Polícia Militar no Estado do Paraná que, futuramente, após passar em torno de 1 ano na Escola de Formação, serão direcionados para a carreira de soldado da Polícia Militar ou Bombeiro Militar. Com a escola de formação vindo para Ivaiporã, os policiais serão preparados no local onde serão aplicados efetivamente”, explicou o tenente.

O coordenador municipal Clodoaldo Oliveira informou que os recursos ao gabarito provisório das questões objetivas deverão ser apresentados até às 23h59min do dia 16/06/2021.

As datas das demais etapas do Concurso Público poderão ser alteradas em decorrência das medidas de prevenção estabelecidas pelo Ministério da Saúde para o enfrentamento da emergência de saúde pública decorrente da pandemia de Covid-19. Para mais informações, os candidatos devem acessar o site https://servicos.nc.ufpr.br/PortalNC/Hom.