Criança de 12 anos é atingida na cabeça pelo avô

A Polícia Militar de São João do Ivaí foi acionada por volta das 21h45 para comparecer ao Hospital Municipal, onde as enfermeiras de plantão relataram que uma criança de 12 anos deu entrada com um ferimento na cabeça e que o autor seria seu avô. Os policiais conversaram com a vítima, que informou que tinha ido à casa dos avós maternos e, no local, se aproximou do avô que estava na garagem, que fica nos fundos da residência. Nesse momento, ele teria batido com o cano de uma espingarda na cabeça da criança, causando-lhe um ferimento.

A criança foi então ao encontro da avó, que estava na lavanderia e, nesse momento, o homem enfurecido e embriagado justificou a atitude dizendo que a menina havia ficado a tarde toda brincando e gritando com outras crianças na rua. Para proteger a neta, a avó enfrentou o marido, para que ele não batesse mais nela. O homem ainda fez um disparo de arma de fogo, quando a avô e a neta estavam em outra parte da casa.

A mãe da menina foi até a residência e encaminhou-a para atendimento médico no hospital municipal.

Os policiais militares foram à residência do avô e apreenderam uma munição que estava intacta no chão, mas não encontraram a referida arma. O homem foi detido e encaminhado à delegacia de Polícia Civil de São João do Ivaí.