Faxinal suspende decretos municipais e segue recomendação do Governo do Estado

Ylson Cantagallo - prefeito de Faxinal

Ylson Cantagallo - prefeito de Faxinal

O prefeito de Faxinal, Ylson Cantagallo, anunciou em um vídeo divulgado na manhã dessa segunda-feira, 7 de junho, que o município de Faxinal irá revogar o decreto municipal que impõe lockdown aos finais de semana e seguirá apenas o que determina o decreto estadual em vigor. Além de possibilitar novamente o funcionamento dos serviços não essenciais no sábado e atendimento normal dos serviços essenciais, o município também determinou a revogação da medida que proibia a venda de bebidas alcoólicas no município.

O decreto estadual basicamente determina o horário do toque de recolher, que começa às 21h00 e vai até as 5h00, e impõe limitações de capacidade e funcionamento de determinados setores. O decreto municipal detalhando as regras que serão seguidas está sendo finalizado pelo corpo técnico da Prefeitura de Faxinal.

No vídeo, Gallo comenta que sentiu na pele os efeitos causados pela Covid-19, já que ficou três dias internado em UTI e 30 dias hospitalizado. “O objetivo do decreto foi aliviar um pouco os hospitais da nossa região; tivemos reações de pessoas contrárias e de pessoas a favor, mas fui duramente crucificado por pessoas maldosas”, cita o prefeito. Ele destaca que, a partir de agora, apela para a conscientização das pessoas e alerta que as próximas duas semanas ainda serão muito complicadas para as equipes de saúde. Ele fez questão de agradecer às pessoas que compreenderam a necessidade de decretação de medidas mais duras, especialmente as autoridades religiosas.