Medo ou respeito?

Omar, de cinco anos, havia desenhado uma parede inteira em sua casa, o desenho abstrato foi um presente para seu pai, que estava viajando há vários dias a trabalho.

Quando o pai voltou, ele encontrou Omar arranhando a parede. Ao observar isso, seu pai decidiu não ralhar com ele, pelo contrário, resolveu explicar-lhe por amor que amava seus desenhos e disse-lhe que lhe daria um caderno especial onde ele pudesse desenhar o que quisesse.

Ele disse a ele que deixaria aquele presente como uma lembrança e que toda vez que ele tivesse que sair, ele poderia fazer um desenho e enviar para ele ou esperar que ele voltasse e lhe desse para emoldurar e colocar em seu escritório. .

Ele disse a ele que estava orgulhoso de seu talento e habilidade, mas para fazê-lo da próxima vez no caderno e não na parede, porque seria difícil para ele carregá-lo com ele e teria que ser limpo mais tarde.

Ele ficou muito grato pelo presente e os dois se abraçaram!

É você quem decide como deseja que seus filhos se lembrem de você.

O que você quer alcançar?

Medo ou respeito?

Decide construir, decide ensinar por amor.

As paredes sempre podem ser repintadas.

*texto de Winnicott