Cadastro no BPC não será mais exigido

A Secretaria de Estado da Saúde orientou os municípios a ampliarem a vacinação no grupo prioritário de pessoas com deficiência permanente grave e que deixem de exigir a comprovação do cadastro no Programa de Benefício de Prestação Continuada (BPC). O benefício é concedido pelo governo federal para idosos e pessoas com deficiência em situação de vulnerabilidade social.

Após análise técnica, a secretaria verificou que parte deste público, ainda que enquadrado no grupo prioritário, não possui o cadastro, o que os impedia de ter o acesso à vacina.

“Não queremos dificultar e nem burocratizar a vacinação, principalmente neste momento. O objetivo do Governo do Estado, orientado pelo governador Ratinho Junior, é fazer com que as vacinas cheguem aos paranaenses o mais rápido possível para que em breve todos estejam imunizados”, disse o secretário da Saúde, Beto Preto.