Mobilização chama atenção para projeto de lei sobre piso salarial e carga horária da enfermagem

Abel Walter da Silva destaca luta pela aprovação de projeto de lei que garante piso salarial aos profissionais de enfermagem

Abel Walter da Silva destaca luta pela aprovação de projeto de lei que garante piso salarial aos profissionais de enfermagem

Enfermeiros de toda a região estão mobilizados em uma campanha para divulgar o projeto de lei que regulamenta a carga horária e piso salarial dos profissionais da categoria. A proposta vale para enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem. Segundo Abel Walter da Silva, auxiliar de enfermagem da Prefeitura de Boa Ventura do São Roque e um dos líderes do movimento “Enfermagem Salva, Salvem a Enfermagem”, o objetivo da mobilização é levar ao conhecimento de toda população a precariedade da profissão, especialmente pelo fato de não ter um piso salarial e, para trabalhar, muitas vezes, precisam atuar por um valor abaixo do mercado.

A mobilização está sendo divulgada nas redes sociais e nos meios de comunicação da região. “A nossa principal reivindicação é um piso salarial digno e uma jornada de trabalho não exaustiva; hoje, tem profissionais designados para salvar vidas e cuidar de ser humano com uma remuneração menor que um salário mínimo e, por isso, precisa se submeter a jornadas de trabalho exaustivas para ter um salário digno”, frisa.

Abel da Silva salienta que esse é um dos piores momentos da pandemia para os profissionais. “Todos estão exaustos pelo esforço feito, com muitas horas de trabalho e dedicação. Vendo o sofrimento da categoria, pedimos ajuda a todos para entrar no site do Senado e votar sim para PL 2564; e pedimos aos políticos para levantarem a bandeira da enfermagem”, salienta.

A mobilização está contando com o apoio dos sindicatos, conselhos de classe de enfermagem e alguns políticos. “Pedimos o apoio de toda população e meios de comunicação para a divulgação do PL 2564”, frisa Abel da Silva.