Minha opinião

BRASILEIRÃO Algumas surpresas, como a derrota em casa, do Atlético Mineiro. Coisa de início de campeonato, fora do normal, mas nada que possa fazer com que tenhamos posicionamento definitivo sobre esse ou aquele time. Os grandes, em sua maioria, serão grandes. O próprio Galo Mineiro tem time de sobra para brigar pelo título, e não é o tropeço em Belo Horizonte, na estreia, que lhe tira essa condição. Atlético (MG), Flamengo, Palmeiras, Grêmio, Internacional, e São Paulo são os favoritos. O Fluminense tem mostrado algumas coisas boas, mas oscila demais. Não vejo chances para os dois outros grandes de São Paulo, Corinthians e Santos.

COPA AMÉRICA Ao escrever a coluna, vejo e ouço muitas manifestações sobre o Brasil sediar, ou não, a Copa América, depois dos problemas que impediram a Colômbia de ser sede, e da desistência da Argentina, um dos países que mais endureceu a nível de lockdown, e com uma das piores situações nessa pandemia de Covid 19. A Globo declara guerra à realização do torneio porque, quem tem os direitos de transmissão é o SBT. E parte da grande mídia nacional e dos políticos que são contra tudo o que o Presidente da República quer ou apoia. Ou seja, a Globo contra por interesse próprio e assim como fazem com a pandemia de Coronavírus, politizaram também a questão da Copa América. É o Brasil!

FUTEBOL É SEGURO Estou no futebol já faz muito tempo. A emissora de rádio que trabalho, Rádio Eldorado de Criciúma/SC, transmite todos os jogos dos times profissionais da cidade, Criciúma e Próspera, e viajo pelo Brasil durante todo o período de pandemia. Posso falar “de cadeira”, que o futebol profissional é seguro. Se é para impedir a disputa da Copa América no Brasil, então tem que parar o campeonato brasileiro, que tem séries A, B, C, e D, e a Copa do Brasil. Como também é preciso parar a Libertadores da América. Tem muita gente que nem sabe que a bola de futebol é redonda, dando palpite nessa hora.

PARANAENSES

O Coritiba ganhou, o Athletico também. O Londrina empatou em Pelotas, e o Paraná perdeu fora de casa. Tudo normal. Mas, para termos algo melhor, para alegria de seus torcedores, é preciso que todos melhorem. É apenas começo de campeonato, e muita dureza ainda virá, para estes, nas séries A, B, e C do campeonato brasileiro. Certamente com mais preocupação em relação ao Paraná Clube, que disputa a terceira divisão num grupo duríssimo, que é praticamente um campeonato paulista.

Um abraço aos meus conterrâneos de Ivaiporã e do Paraná, com muita saudades, e até a próxima semana.