Ariranha do Ivaí deve receber recursos na ordem de R$ 2 milhões

Autoridades municipais se encontram com deputado Cobra Repórter

Autoridades municipais se encontram com deputado Cobra Repórter

Na semana passada, o prefeito de Ariranha do Ivaí, Thiago Epifânio da Silva, o vice-prefeito Sebastião Derneis e os vereadores Marcelo Petriolli e José Aparecido de Oliveira (Zezinho do Ônibus), participaram de uma audiência com o deputado estadual Cobra Repórter, quando foram informados sobre a liberação de recursos de emendas parlamentares e projetos do governo do estado que irão beneficiar Ariranha do Ivaí.

Serão liberados recursos para diversas áreas, sendo R$ 25 mil para castração de animais; R$ 240 mil para retroescavadeira; R$ 170 mil para ambulância; R$ 420 mil para Meu Campinho; R$ 130 mil para dois veículos e R$ 390 mil para caminhão, sendo que esse último liberado junto ao Governo do Estado e os demais recursos oriundos de emenda parlamentar. Além disso, o deputado estadual acompanhou o prefeito em uma conversa com o secretário de estado do Desenvolvimento Urbano, João Carlos Ortega, onde foram debatidos vários projetos voltados para o município e o prefeito recebeu a garantia do repasse de uma motoniveladora nova para Ariranha do Ivaí. “Eu acredito que podemos chegar perto dos R$ 2 milhões em recursos para o nosso município”, avalia o prefeito.

Durante a visita, o deputado reforçou ao prefeito Thiago que, junto ao governador Ratinho Júnior, tem trabalhado sempre em busca de recursos para a cidade.

Para o prefeito, a abertura que o deputado estadual tem conseguido para os projetos do município estão sendo fundamentais para que Ariranha do Ivaí tenha acesso a recursos importantes e seja bem representado junto ao Governo do Estado. Na próxima semana, Thiago da Silva deve voltar a Curitiba para a liberação de mais dois veículos para a saúde e de recursos importantes para o pátio de máquinas. “Nosso pátio de máquinas foi alvo de uma guerra política do passado e o município teve muitos prejuízos. Foi investido dinheiro em uma perícia e, hoje, praticamente tudo é ferro velho e precisamos repor essas máquinas. Nesse sentido, o município poderia ir em busca de recursos para outras demandas existentes, mas é preciso fazer investimentos em equipamentos para dar mais qualidade de vida à população”, ressalta.