Amuvi decide por lockdown nos finais de semana e adoção do toque de recolher

Imagem da notícia.

Prefeitos da região Vale do Ivaí se reuniram em Ivaiporã, na manhã dessa quarta-feira, dia 26 de maio, para um debate sobre medidas restritivas que devem ser adotadas em todos os municípios que compõem a Amuvi (Associação dos Municípios do Vale do Ivaí) para conter a pandemia da Covid-19.

Após cerca de 2h30 de reunião, o presidente da Amuvi, Ylson Cantagallo, anunciou as medidas que devem ser adotadas por todos os municípios. Nos próximos três finais de semana, começando no sábado, 29 de maio, e domingo, dia 30 de maio, haverá um lockdown total em toda a região. Ainda devem ser definidos os estabelecimentos que poderão funcionar, mas, inicialmente, apenas farmácias, serviços de saúde de urgência e postos de combustíveis. Supermercados, mercados, açougues, padarias, entre outros, terão que permanecer fechados. Outra medida será o toque de recolher a partir das 20h00, seguindo o decreto do Governo do Estado.

Haverá uma intensificação na fiscalização e, para isso, os municípios contarão com apoio da Polícia Militar e também devem movimentar as equipes de Defesa Civil e Vigilância Sanitária.

O presidente da Amuvi disse que houve consenso entre os prefeitos de evitar, nesse momento, um lockdown total, para que a medida não prejudicasse ainda mais o comércio das cidades. “Temos que buscar o equilíbrio entre o funcionamento do comércio e a saúde da população e, por isso, tomamos estas medidas, especialmente aos finais de semana”, frisa.

Outra sugestão, que parece que será acatada por alguns municípios como Ivaiporã e Faxinal, será a proibição da venda de bebidas alcoólicas em todos os estabelecimentos comerciais. A proposta, inclusive, é de uma fiscalização nas entradas das cidades para evitar a entrada do produto. “A participação da Polícia Militar nesse aspecto é muito importante, pois pode nos ajudar tanto na fiscalização como na orientação das pessoas que estão circulando pelas ruas sem máscara”, pontua Ylson Cantagallo.