Ariranha do Ivaí realiza conscientização sobre a campanha de combate ao abuso e exploração sexual

Carreata é realizada para conscientizar sobre combate ao abuso e exploração sexual

Carreata é realizada para conscientizar sobre combate ao abuso e exploração sexual

A Secretaria Municipal de Assistência Social de Ariranha do Ivaí e o Conselho de Defesa dos Direitos da Criança e Adolescente realizaram, no dia 18 de maio, uma carreata para marcar o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes. A carreata, que percorreu ruas da área central e das comunidades de Alecrim e Nova Aliança, teve como objetivo conscientizar a população sobre a importância da denúncia dos casos de abuso sexual.

No entanto, as ações voltadas a essa data vem ocorrendo desde o dia 12 de maio, quando foi iniciada uma conversa reflexiva com as famílias acompanhadas pela assistência social.

Nesta quarta-feira, dia 19 de maio, haverá uma roda de conversa online envolvendo funcionários, representantes dos conselhos municipais, autoridades, Conselho Tutelar e representantes da rede de proteção da criança e adolescente, com a participação de convidados da SEJUF (Secretaria de Justiça e Família) de Ivaiporã e Regional de Saúde de Ivaiporã.

A assistente social do órgão gestor da assistência social de Ariranha do Ivaí, Solange Maia, destaca o apoio da secretária municipal Silene de Oliveira Derneis e do prefeito Thiago Epifânio da Silva para as ações que estão sendo realizadas em prol do combate do abuso e exploração de crianças e adolescentes. Ela também ressalta a importância do apoio e participação da população para que ocorra uma redução nos casos de violência contra a criança e adolescente. “Agindo dessa forma, todos contribuem para o fortalecimento da rede de proteção; se a população tem uma informação sobre suspeita ou denúncia de um fato e não leva ao conhecimento das autoridades é como se compreendêssemos que existe certa concordância na manutenção desse fenômeno de violência na sociedade”, frisa Solange.

A assistente social destaca que as campanhas são estratégicas e eficientes meios de informação da sociedade e, portanto, sempre têm um efeito positivo.