Prefeito desiste de lockdown em Faxinal e institui novas regras

Imagem da notícia.

Um dia após assinar decreto determinando o fechamento total no município de Faxinal, o prefeito Ylson Álvaro Cantagallo se reuniu com representantes de várias entidades da sociedade civil organizada e voltou atrás da medida anunciada na tarde da terça-feira, 11 de maio, e não haverá mais lockdown na cidade. A medida inicial foi tomada após apresentação de um documento protocolado pelas entidades junto ao Ministério Público, cobrando medidas mais drásticas para o enfrentamento da Covid-19 e contestando a fiscalização de estabelecimentos que não estão cumprindo as medidas sanitárias determinadas pelo município e a realização de festas clandestinas na cidade.

Durante a reunião, chegou-se à conclusão que o lockdown não teria eficácia total para a redução dos casos de Covid-19 e poderia causar ainda mais desemprego, em função do momento difícil pelo qual passa a economia em todo o Brasil.

O prefeito salientou que no passado tentou fazer lockdown, mas teve outra orientação por parte de uma das entidades. “Estamos dispostos a solucionar o problema da melhor maneira possível, onde ambas as partes possam chegar à solução correta, sempre fui parceiro do comércio e continuo sendo”, pontua. Gallo acrescenta que sempre procurou atender as reivindicações da associação comercial ou qualquer outro órgão da sociedade.

Com a decisão, ficou acordado que serão editadas novas medidas preventivas mais duras para conter a disseminação da Covid-19 no município, multas para quem fazer festas e comércio que não obedecer aos protocolos do Ministério da Saúde. Outra reunião ficou marcada para essa quinta-feira, 13 de maio, com a edição de um novo decreto.