CUFA inicia distribuição de cestas básicas em Mauá da Serra

Márcio Mendes, Luciane Mariano (diretora de Assistência Social) e Márcio Dias de Oliveira

Márcio Mendes, Luciane Mariano (diretora de Assistência Social) e Márcio Dias de Oliveira

Famílias carentes de Mauá da Serra estão sendo atendidas com a distribuição de cestas básicas e cartões alimentações fornecidos pela CUFA (Central Única das Favelas), por meio do coordenador da entidade no Vale do Ivaí, Marcos Aparecido Luiz Chaves Mendes. Até o momento, foram distribuídas 300 cestas básicas e 50 cartões alimentação, patrocinados pelo Instituto Boticário, com valor individual de R$ 120. Durante o final de semana, a Cufa encaminhou mais 50 kits de alimentação, 50 kits de higiene e mais 70 cartões alimentação, dessa vez patrocinados pela Vivo, que irão beneficiar famílias em situação de vulnerabilidade social da cidade de Mauá da Serra. Esses cartões podem ser usados exclusivamente para a compra de alimentos ou gás de cozinha.

Além de Mauá da Serra, a proposta de Marcos Mendes também é trabalhar ações da CUFA nas cidades de Apucarana, Marilândia do Sul e Faxinal.

Natural de Mauá da Serra, Marcos Mendes residia na região do Jardim Peri, zona norte de São Paulo, e atua como voluntário na Cufa há 8 anos. No final do ano passado, ele se formou em Administração Pública e voltou para Mauá da Serra. “Percebi a necessidade de muitas famílias do município e conversei com a coordenação da CUFA para ver a possibilidade de abrir uma estrutura aqui em Mauá da Serra e ela confiou em meu trabalho, para que pudéssemos fazer essa expansão no Vale do Ivaí”, frisa. Apesar de terem centrais da CUFA em cidades grandes do Paraná, o trabalho em cidades menores é complicado, pela falta de pessoas voluntárias e dificuldade em conseguir doações.

Marcos Mendes agradeceu o apoio do prefeito Hermes Wicthoff e do chefe de gabinete Márcio Dias de Oliveira, que estão contribuindo com a logística para a distribuição das cestas básicas. “Eles viram que o trabalho que queremos realizar é sério; a CUFA é uma entidade apartidária, mas que tem o reconhecimento de instituições como a ONU (Organização das Nações Unidas) e a Unesco, além de outras entidades nacionais.

O chefe de gabinete da prefeitura de Mauá da Serra, Márcio Dias de Oliveira, disse que a prefeitura foi procurada pelo representante da CUFA, solicitando o apoio logístico para trazer as cestas de Curitiba e também um espaço, onde pudesse ocorrer o atendimento às famílias. A Prefeitura de Mauá da Serra cedeu, de forma temporária, a antiga sede do CRAS e também um caminhão com motorista, que tem ido até Curitiba buscar as cestas de alimentos. “Estamos procurando sempre fazer o que for melhor para a população mais carente e a CUFA tem realizado um trabalho sério em Curitiba e achamos importante dar apoio para que esses alimentos pudessem chegar às famílias carentes de Mauá da Serra”, salienta.