Craques de Ivaiporã fazem doação ao Lar Santo Antonio

Vilton da Silva, Roberto Noda, Mauro Zurlo e Donizete Luiz Ando

Vilton da Silva, Roberto Noda, Mauro Zurlo e Donizete Luiz Ando

O grupo de watss zap chamado Craques de Ivaiporã, formado por ex-jogadores e esportistas que defenderam times e a seleção de Ivaiporã entre 1970 e 1990, fizeram, na quarta-feira, dia 31 de março, a doação de R$ 2 mil para o Lar dos Idosos Santo Antonio de Ivaiporã (asilo).

O dinheiro foi depositado diretamente na conta do asilo, mas o presidente da Instituição, Mauro Zurlo, recebeu um cheque simbólico para registrar a ação social.

A entrega foi realizada pelos integrantes do grupo Vilton da Silva, Roberto Noda e Donizete Luiz Ando (Ceguinho).

Mauro Zurlo comenta que os recursos serão aplicados na construção de mais dois quartos, já que a ideia do asilo é ampliar a capacidade de atendimento. Atualmente, a instituição atende 60 idosos e não tem estrutura física para abrigar mais internos, apesar da demanda ser crescente.

Zurlo fez questão de agradecer, em nome da diretoria, a iniciativa do grupo Craques de Ivaiporã, que ele classificou como Craques "do Bem". “Sei de várias colaborações que esse grupo já fez, de forma anônima, e com isso estão construindo muralhas do bem”, pontua o presidente.

Mauro Zurlo também destaca que outras entidades, pessoas e organizações também têm colaborado constantemente com a instituição.

Ele ressalta que algumas pessoas não querem ter o ônus de cuidar de seus idosos e acabam buscando o asilo, dizendo que não têm condições de cuidar, mas que farão visitas constantes e estarão sempre presentes. “Muitos familiates falam que vêm visitar todos os dias, na primeira semana cumprem, na segunda semana falham um dia, vem no outro, um mês depois vêm uma vez por semana e assim vai; e este idoso que trabalhou tanto para construir uma família, deu carinho a seus filhos, acaba recebendo o carinho, amor e atenção das pessoas que trabalham nessa entidade.

Mauro Zurlo aproveitou para agradecer a todos os funcionários do Lar Santo Antonio, aos empresários, agricultores e todas as pessoas que têm feito doações ao longo desse período de pandemia.