União entre os poderes marca rumo em Arapuã

A atual gestão do município de Arapuã está marcada pela união entre o prefeito Deodato Matias, a vice Carla Salvador e o presidente da Câmara de Vereadores Carlinhos Vieira. Juntos com os demais vereadores esperam grandes conquistas para o mandato. Eles falaram ao Paraná Centro sobre o atual momento e das conquistas e projetos futuros.

Imagem da notícia.

Paraná Centro – Como está a questão da pandemia em Arapuã e quais as medidas tomadas pela administração?

Deodato Matias - Em município pequeno, como o nosso, o comércio não é tão problemático quanto os bares, mas temos conversado com a população e os comerciantes e, a princípio, estamos fechando os bares à noite, enquanto o comércio fica aberto durante o dia, respeitando o que está estabelecido no decreto do Governo do Estado.

Paraná Centro – A abertura do comércio durante o dia é tranquila?

Deodato Matias – Nosso comércio tem movimentação tranquila durante o dia, sem grandes aglomerações; com relação aos bares é mais complicado, mas estamos tomando providências para conter a doença.

Paraná Centro – A população está ciente dos cuidados contra o coronavírus?

Deodato Matias – A maioria da população está se cuidando, mas temos visto outra parcela que se aglomera e não usa máscara. Sabemos que a situação está séria no mundo todo e peço à população que colabore em relação aos devidos cuidados, como uso de máscara e distanciamento social, que são importantes para conter esse vírus.

Paraná Centro – E no setor de agricultura, como está a produção de soja?

Deodato Matias – Acredito que nesse ano a produção será entre 10 a 15% menor em relação ao ano passado, devido a fatores como falta de luz na hora da gramação e em média deve ficar entre 170 e 200 sacas por alqueire.

Paraná Centro – Como está o trabalho de pavimentação das estradas e ruas no município?

Deodato Matias – As estradas rurais estão boas, graças aos recursos conseguidos junto ao consórcio dos municípios. Estão chegando recursos para deixar nossa cidade mais bonita; temos uma emenda de R$1 milhão do deputado federal Sérgio Souza, que vai ser licitada nos próximos dias, para o distrito do Bem-te-vi, onde serão feitas galerias, meio fio, calçamento e asfalto para desenvolver o distrito, assim como já foi feito em Romeópolis e Alto Lajeado. Também tem uma emenda do deputado Sérgio Souza, no valor de R$ 3 milhões, para asfaltar por completo de Arapuã até Romeópolis e concretizar um sonho antigo daquela comunidade. Hoje, tem uma parte que é de pedra irregular, uma que tem cascalho e outra de asfalto que será recuperada, totalizando 10 quilômetros.

Paraná Centro – Já tem ligação asfáltica até o distrito do Bem-te-vi?

Deodato Matias – Estamos pleiteando quatro quilômetros de pedra irregular junto ao Governo do Estado. De Arapuã ao Bem-te-vi são cerca de 9 quilômetros que ainda não estão pavimentados.

Paraná Centro – E o recapeamento da rodovia de acesso a Arapuã?

Deodato Matias – Recapeamos pouco mais de 7 quilômetros da rodovia que dá acesso ao município e agradeço ao governador Ratinho Júnior e ao então prefeito de Ivaiporã, Miguel Amaral, pois esta foi uma conquista muito importante tanto para Arapuã quanto para Ivaiporã.

Paraná Centro – E o portal de entrada do município, vai ser construído?

Deodato Matias – A empresa responsável está fazendo e vai ficar muito bonito, mas ainda não temos previsão para a inauguração, bem como de outras obras importantes, como a sala de vacina e a garagem de veículos, que estão sendo construídas no posto de saúde, um recurso de R$200 mil, proveniente do deputado estadual Alexandre Curi.

Paraná Centro – Que mensagem deixa para a população de Arapuã?

Deodato Matias – Mesmo diante da pandemia do coronavírus, estamos otimistas em conseguir as melhorias para a nossa população. Estamos fazendo 2,5 quilômetros de calçamento do Arapuã até a Vila Rural e temos um projeto praticamente pronto, junto ao Governo Federal, para fazer quase 3 quilômetros de pedras irregulares do Rio da Bulha até o Alto Lajeado.

Vice-prefeita Carla Salvador está animada com o trabalho e a parceria

Imagem da notícia.

Paraná Centro – Como descreve a experiência de ser vice-prefeita de Arapuã?

Carla Salvador – É uma experiência bem impactante, porque tudo que é novo gera medo, mas quando temos convicção e parceiros que acreditam em nós, é o início para fazer acontecer. Sou filha de pioneiro do município, que faleceu há poucos meses, foi uma grande perda; mas acredito que estou vivenciando esse momento devido à vida do meu pai e ao que ele já proporcionou para Arapuã. Uma das coisas que ouvi dele foi “faça a diferença”. Eu e o Deodato temos uma parceria política e familiar, ele vem trabalhando muito bem pelo município e me faz acreditar que esse mandato vai ser especial, pelo fato dele já ter conseguido muitas conquistas na gestão anterior e, juntos, vamos trabalhar para melhorar Arapuã e fazer com que nossos filhos aqui permaneçam. Somos parceiros e vou apoiá-lo para desenvolver e fazer juntos um Arapuã cada dia melhor.

Paraná Centro – Pelas conquistas relatadas, a expectativa é de um grande mandato?

Carla Salvador – Isso me contagia e temos esperança de que seja um dos melhores mandatos da história. Por isso, estamos com força de vontade e expectativa de que podemos fazer acontecer, ainda mais quando temos ao nosso lado um homem experiente e que ama Arapuã, como é o caso do Deodato, um cara humilde e que cuida da prefeitura como se fosse a casa dele. Estou muito feliz com o trabalho e a autonomia que ele me dá e sabemos que é importante somar no que for possível. Tenho acompanhado vários setores e participado do trabalho.

Presidente da Câmara diz que meta é ajudar a vencer a pandemia

Imagem da notícia.

Paraná Centro – Como tem sido esse início do mandato como presidente da Câmara de Vereadores, em meio a uma pandemia?

Carlinhos – Nesses três meses de mandato como presidente da Câmara de Vereadores, estamos seguindo todas as medidas de segurança contra a Covid-19 e fazendo o possível para contribuir com o executivo para aprovar projetos de lei para o bem do município, revezando funcionários para que a Câmara permaneça aberta nesse momento complicado, ajudando o prefeito a enfrentar esse grave problema de saúde pública e aprovando os requerimentos. Peço à população que evite se aglomerar, se cuide e entenda esse momento, porque o importante é cuidar da saúde.

Paraná Centro – Como é o relacionamento entre prefeito e Câmara de Vereadores?

Carlinhos – Os vereadores estão preocupados em aprovar o que é bom para a população, sem divergências políticas e, se Deus quiser, vamos conduzir esse mandato com chave de ouro, fazendo o possível para colaborar com o prefeito e atendendo bem a população.