Paraná Centro na internet

Imagem da notícia.

No dia 7 de fevereiro de 2005, o jornal Paraná Centro divulgava seu novo site. Mas um ano antes, o nosso semanário já utilizava precariamente os recursos da rede mundial de computadores. A internet, no interior do Brasil, em 2005, ainda se rastejava, apesar de já ter sido iniciada nas grandes cidades, em 1994.

De lá para cá, as redes sociais vêm ocupando um papel importante no setor das comunicações, mas temos que lembrar que nem todos têm acesso à internet. A população do Brasil, na sua grande maioria, ainda não tem total acesso às informações, produtos e serviços proporcionados pela rede mundial de computadores.

Portanto, os jornais impressos em papel continuam fortes, porque há um público que se acostumou a ler as publicações impressas, que têm que partir para notícias inéditas e atemporais, deixando as informações “quentes” para a internet, que é imbatível no quesito rapidez. Mas cabe ao papel servir o leitor tradicional, acostumado a folhear revistas, livros e jornais.

Enfim, o Paraná Centro Online começou, em 2005, com primeiro site profissional feito pelo técnico em informática Maicon Carlos Ribas de Souza, e pelo trabalho do gerente Marco Franciscato, demonstrando que o nosso veículo de comunicação já acreditava no desenvolvimento da era digital.

Atualmente, além da edição em papel, que é distribuída em 16 municípios da região central, tendo Ivaiporã e Pitanga como pontos centrais, o Paraná Centro chega, em média, a mais de 4 milhões visualizações por ano na internet.

Estamos trazendo, semanalmente, a história do jornal Paraná Centro, que entra, no dia 6 de janeiro de 2021, ao seu trigésimo ano de circulação impressa. São 30 anos levando informações, serviços e produtos a uma grande porção da população, aquela parte que sabe que o conhecimento traz poder e destaque aos cidadãos.

Comentários